notícia

Botafogo 1 x 0 Vasco

Com gol de Igor Cássio no fim, Fogão vence clássico e vai a 9 pontos no Grupo A da taça GB
Atualizado em 02-02-2020, 18:00

Deu Fogão! Em uma partida equilibrada e com emoção até o fim, o Alvinegro derrotou o Vasco da Gama por 1 a 0, na tarde deste domingo (02/02), no Estádio Nilton Santos, e segue vivo na briga por uma das vagas nas semifinais da Taça Guanabara. Igor Cássio fez o tento do triunfo alvinegro. 

Com 9 pontos, o Botafogo assumiu a segunda posição do Grupo A da Taça Guanabara. Agora o Alvinegro vira a chave e passa a pensar na Copa do Brasil. Na próxima quarta-feira (05/02), ás 21h30, a equipe de Valentim estreia na competição nacional contra Caxias-RS, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul.

O JOGO

Jogando a vida na Taça Guanabara, Botafogo e Vasco foram a campo para medir forças no Nilton Santos. Como de custume em um clássico, o início do duelo foi bem equilibrado e com boas chances de gol para ambos os lados. Só que um elemento se tornou protagosnista e evitou que a rede balançasse na primeira etapa: a trave.

A primeira oportunidade foi do Vasco. Aos 10, Ribamar deu passe para Vinicius acertar a trave de Gatito. O Glorioso respondeu um pouco depois, aos 16, quando Bruno Nazário cobrou falta na área e Marcelo Benevenuto raspou de cabeça. A bola caprichosamente pegou na trave de Lucão. 

Na bomba de Alex Santana, aos 22, o Alvinegro quase marcou. E aos 36 minutos, por muito pouco, o cria da #BaseForte Luis Henrique não anotou um golaço. O jovem desarmou Vinicius, tabelou com Bruno Nazário, invadiu a área e, mesmo com pouco espaço, finalizou bonito. A bola explodiu na junção da trave e do travessão. Um verdadeiro pecado. No fim da etapa inicial, aos 43, o Vasco também acertou a trave pela segunda vez. Vinicius, de letra, fez Gatito trabalhar e a bola pegou na trave antes de sair. 
 
Após o intervalo, o segundo tempo chegou muito movimentado. No primeno minuto, Andrey arriscou chute de longe para fora da meta alvinegra. Aos 11, Navarro fez boa jogada pelo lado direito e bateu. A defesa cruzmaltina afastou e a bola ficou com Luiz Fernando, que bateu com perigo para fora. No minuto seguinte, Luiz Fernando mais uma vez chegou após bola cruzada, mas Caio Tenório apareceu afastando antes da conclusão do atacante alvinegro.

Em uma boa jogada trabalhada, o Glorioso esteve perto de abrir o placar aos 23. Luiz Fernando Cruzou pela direita. Luis Henrique dominou e ajeitou para Alex Santana emendar uma pancada vindo de trás, obrigando Lucão a fazer boa intervenção.
 
Buscando o gol e a vitória, as equipes se lançaram ao ataque e a partida ficou lá e cá. E aos 44 minutos, veio a cartada final do Glorioso. Dos pés de Caio Alexandre saiu um lindo passe para Bruno Nazário. O camisa 10 foi a fundo e cruzou para Igor Cássio chegar batendo. Lucão pegou na primeira, mas no rebote, não teve chances. Bola no fundo barbante. Gol do Fogão. Gol da vitória! 

Fim de papo e três pontos importantes na conta para a equipe alvinegra, que segue mais do que nunca viva em busca de uma vaga na semifinal da Taça Guanabara. 

Botafogo: Gatito; Fernando, Marcelo Benevenuto, Kanu e Guilherme Santos; Thiaguinho, Alex Santana (Caio Alexandre) e Bruno Nazário; Luis Henrique, Luiz Fernando (Rhuan) e Rafael Navarro (Igor Cássio). Técnico: Alberto Valentim.

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS DA PARTIDA NAS IMAGENS DE VITOR SILVA/BFR:

Botafogo x Vasco - 02/02/2020

Assessoria de Imprensa