notícia

Para o nosso torcedor

Gatito mira Libertadores pela volta por cima em ano difícil
Atualizado em 17-09-2019, 13:14

O Botafogo segue firme no Campeonato Brasileiro e o empate diante do Ceará, fora de casa, deixou o Alvinegro na 10ª colocação, com 27 pontos. E o próximo adversário será o São Paulo, 6º colocado com 32 pontos, sábado, no Estádio Nilton Santos. Um adversário direto e a oportunidade de encostar ainda mais por uma vaga na Copa Libertadores. Ídolo da torcida, o goleiro Gatito Fernández destacou a busca pela competição internacional, principalmente pela torcida alvinegra, que apoia a equipe em ano difícil na parte financeira.

- Estamos indo mais longe do que o nosso torcedor esperava, mas confiamos bastante no nosso trabalho, temos um grupo forte e fico feliz pelo que fizemos no primeiro turno. Sabemos também que poderíamos ter feito um pouquinho mais e agora é começar com o pé direito que esse returno será importante para nós. Nosso objetivo é chegar na Libertadores assim como em 2016, estamos bem perto e temos um confronto direto com o São Paulo. Podemos nos aproximar e ficar mais no topo da tabela. Começar bem no returno será muito importante para trazer ainda mais confiança. A gente vem de dois jogos sem perder e uma vitória seria importante - disse Gatito.

O CRÉDITO DA FOTO É OBRIGATÓRIO: Vítor Silva/Botafogo
Gatito em ação no treino do Botafogo. Goleiro é peça fundamenta na equipe de
Barroca. (Foto: Vítor Silva/BFR)

Questionado sobre uma futura saída do clube para ajudar na questão financeira, Gatito destacou sua felicidade em vestir a camisa do Botafogo e colocou como prioridade desempenhar um bom papel no clube e, principalmente, buscar a vaga na Libertadores de 2020.

- Sou feliz aqui no clube, todo mundo sabe bem disso e procuro fazer o meu melhor a cada dia. Se tiver uma oportunidade de sair e for bom para mim e para o clube é claro que eu pensaria. Mas estou focado nesse returno, em buscar essa vaga para a Libertadores e acho que seria uma boa colocação para o clube por tudo que está acontecendo nesse ano. Seria muito bom para o nosso torcedor. Eles falaram que estão fazendo o máximo possível, que nessa semana devemos receber um pagamento, mas pensamos no nosso trabalho, no nosso dia a dia e deixar isso para a direção do clube - destacou o goleiro paraguaio.

Assessoria de Imprensa