notícia

Botafogo 0 x 1 Atlético-MG

Decisão da vaga nas quartas da CONMEBOL Sul-Americana fica para o jogo da volta
Atualizado em 24-07-2019, 23:30

A decisão da vaga para as quartas de final da CONMEBOL Sul-Americana ficou para o jogo da volta. Na partida de ida, o Botafogo perdeu por 1 a 0 para o Atlético-MG, nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos. O Glorioso precisará vencer em Minas Gerais para se classificar.

Antes, o próximo adversário é o Flamengo, domingo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

O JOGO

A noite não foi do Botafogo no Estádio Nilton Santos. O time até fez bom primeiro tempo e teve chances, mas em um erro levou o gol do jogo. Na etapa final, teve dificuldades e um jogador expulso, não conseguindo reagir.

A primeira chance foi do Atlético-MG, em finalização de Ricardo Oliveira, livre, para fora. O Botafogo respondeu com chutes de Diego Souza, Alex Santana e Luiz Fernando, errando o alvo. Já em cobrança de falta, Diego Souza parou na barreira. João Paulo arrisco de longe, o goleiro pegou.

Aos 35, porém, veio o gol decisivo. O Botafogo errou a troca de passes, Vinicius aproveitou a sobra e bateu de esquerda para abrir o placar.
 
No ímpeto, o Botafogo assustou com João Paulo e quase empatou em finalização de Alex Santana rente à trave. Do outro lado, Ricardo Oliveira e Otero pararam em Gatito.

Na etapa final, o Galo ameaçou com Otero e Ricardo Oliveira, que livre mandou por cima. Aos 20, Jair teve gol anulado pelo VAR. Aos 25, Chará obrigou Gatito a fazer grande defesa.

A real oportunidade do empate para o Botafogo veio aos 27. Alex Santana deu ótimo passe, Gilson invadiu a área e bateu cruzado, mas ficou no quase. Para piorar, Carli foi expulso aos 34.

O Atlético-MG teve 15 minutos com um jogador a mais, acertou o travessão com Jair e parou mais uma vez em Gatito com Chará. O Botafogo tentou, não conseguiu, mas está vivo para o segundo jogo.

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / Botafogo)

Botafogo 0 x 1 Atlético MG - 24/07/2019  

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Marcelo Benevenuto e Gilson; Cícero, João Paulo (Bochecha) e Alex Santana; Luiz Fernando (Igor Cássio), Erik (Leo Valencia) e Diego Souza. Técnico: Eduardo Barroca.

Danilo Santos