notícia

Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18

Treinador destaca raça das jogadoras na estreia e ajusta a equipe para pegar o São Paulo
Atualizado em 16-07-2019, 00:16

O Botafogo estreou no Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18 com um empate em 1 a 1 diante da Ponte Preta, resultado com gosto amargo por ter sofrido o gol no minuto final, mas também motivo de orgulho para o treinador Glaucio Carvalho. As jogadoras que representam o Fogão integram a primeira equipe de base do projeto de Futebol Feminino do Glorioso e realizaram um jogo duro diante de um adversário entrosado. Aliás, o Botafogo integra o duríssimo Grupo C com São Paulo, Cruzeiro e Ponte, clubes com o futebol feminino desenvolvido por mais tempo.

O Botafogo voltará a campo nesta terça-feira, às 14h30, diante do São Paulo, no Estádio Manuel Ferreira, em Bálsamo, São Paulo.

- O jogo foi muito difícil e a gente já esperava. Um adversário forte, tradicional e que já faz um trabalho de base e profissional de muito tempo. Na verdade um time da cidade de Rio Preto com a camisa da Ponte Preta. Pelo jogo disputado as nossas meninas foram muito guerreiras. Nossa equipe é jovem e enfrentou jogadoras de último ano e mais fortes fisicamente. Foram guerreiras, de muita luta. Conseguimos fazer um gol e numa infelicidade, faltando trinta segundos para acabar a partida, acabando sofrendo o gol. Porém o resultado foi bom, temos uma chave muito difícil e agora vamos enfrentar o São Paulo, que é o favorito do grupo e também de grande tradição no futebol feminino. Mas talvez seja um jogo que tenhamos mais campo para jogar. Estamos montando uma estratégia, pensando junto com a comissão técnica para tentar surpreender o São Paulo. Estamos confiantes que podemos fazer um grande jogo - disse o treinador alvinegro.

Ponte Preta 1 x 1 Botafogo - Campeonato BR Feminino Sub-18

Assessoria de Imprensa