Internacional 2x3 Botafogo

Com um a menos desde os 5, Fogão supera erro de arbitragem e vira para cima do Inter no Sul

Atualizado em 19-06-2022 às 21:06

Gigante é o Botafogo! Em um erro de arbitragem aos 5 minutos de jogo, que originou um pênalti inexistente para o adversário e culminou com as expulsões de Sampaio e Luís Castro, a equipe alvinegra saiu atrás em Porto Alegre. Na sequência, desestabilizado após o lance, o time acabou sofrendo o segundo gol do rival. 

Com 15 minutos jogados o cenário estava totalmente desfavorável. Este Clube, no entanto, é imenso. E com uma atuação para eternizar foi buscar a virada no Beira-Rio. Vinicius Lopes diminuiu aos 18 minutos e deu vida ao Glorioso. A partir daí, então, foi na superação e na camisa. 

Correndo dobrado para marcar e com coragem para atacar, o Fogão empatou com Erison no início da segunda etapa. E depois de muita tensão e confusão em campo, Hugo, no apagar das luzes, fez o gol da virada. Que vitória fora de casa! O resultado levou o Botafogo aos 18 pontos no Campeonato Brasileiro e encheu de moral para o clássico com o Fluminense na próxima rodada, no Nilton Santos. 

FICHA DO JOGO:

Data/horário: 19/06/22 (Domingo), às 18h
Local: Estádio Beira-Rio
Árbitro: Savio Pereira Sampaio
Assistentes: Daniel Henrique e Jose Reinaldo 
Quarto árbitro: Rafael Klein
Árbitro de Vídeo: Rafael Traci
Assistente de Árbitro de Vídeo: Helton Nunes

Amarelos: Kayque Rocha, Moisés, Mauricio, Gabriel Mercado, Carlos Pena (Internacional), Gatito, Carli, Hugo, Patrick de Paula, Kayque, Piazon (BOTAFOGO) 
Vermelhos: Sampaio, Luís Castro (BOTAFOGO)

Gols: Edenilson (8'/1T), Fabricio Bustos (12'/1T), Vinicius Lopes (18'/1T), Erison (13'/2T), Hugo (55'/2T). 

BOTAFOGO: Gatito; Sampaio, Carli e Klaus; Saravia (Jeffinho), Kayque, Patrick de Paula e Hugo; Piazon, Vinicius Lopes (Daniel Borges) e Erison (Matheus Nascimento). Técnico: Luís Castro.

Internacional: Daniel; Fabricio Bustos (Matheus Cadorni), Vitão, Gabriel Mercado e Moisés (Pedro Henrique); Gabriel, Edenilson, Carlos Pena e Alan Patrick (Tailson); Wanderson (Alemão) e David (Mauricio). Técnico: Mano Menezes.

Assessoria de Comunicação

Gigante é o Botafogo! Em um erro de arbitragem aos 5 minutos de jogo, que originou um pênalti inexistente para o adversário e culminou com as expulsões de Sampaio e Luís Castro, a equipe alvinegra saiu atrás em Porto Alegre. Na sequência, desestabilizado após o lance, o time acabou sofrendo o segundo gol do rival. 

Com 15 minutos jogados o cenário estava totalmente desfavorável. Este Clube, no entanto, é imenso. E com uma atuação para eternizar foi buscar a virada no Beira-Rio. Vinicius Lopes diminuiu aos 18 minutos e deu vida ao Glorioso. A partir daí, então, foi na superação e na camisa. 

Correndo dobrado para marcar e com coragem para atacar, o Fogão empatou com Erison no início da segunda etapa. E depois de muita tensão e confusão em campo, Hugo, no apagar das luzes, fez o gol da virada. Que vitória fora de casa! O resultado levou o Botafogo aos 18 pontos no Campeonato Brasileiro e encheu de moral para o clássico com o Fluminense na próxima rodada, no Nilton Santos. 

FICHA DO JOGO:

Data/horário: 19/06/22 (Domingo), às 18h
Local: Estádio Beira-Rio
Árbitro: Savio Pereira Sampaio
Assistentes: Daniel Henrique e Jose Reinaldo 
Quarto árbitro: Rafael Klein
Árbitro de Vídeo: Rafael Traci
Assistente de Árbitro de Vídeo: Helton Nunes

Amarelos: Kayque Rocha, Moisés, Mauricio, Gabriel Mercado, Carlos Pena (Internacional), Gatito, Carli, Hugo, Patrick de Paula, Kayque, Piazon (BOTAFOGO) 
Vermelhos: Sampaio, Luís Castro (BOTAFOGO)

Gols: Edenilson (8'/1T), Fabricio Bustos (12'/1T), Vinicius Lopes (18'/1T), Erison (13'/2T), Hugo (55'/2T). 

BOTAFOGO: Gatito; Sampaio, Carli e Klaus; Saravia (Jeffinho), Kayque, Patrick de Paula e Hugo; Piazon, Vinicius Lopes (Daniel Borges) e Erison (Matheus Nascimento). Técnico: Luís Castro.

Internacional: Daniel; Fabricio Bustos (Matheus Cadorni), Vitão, Gabriel Mercado e Moisés (Pedro Henrique); Gabriel, Edenilson, Carlos Pena e Alan Patrick (Tailson); Wanderson (Alemão) e David (Mauricio). Técnico: Mano Menezes.

Assessoria de Comunicação


Norsk