No coração!

Botafogo supera os desfalques, vence o Taubaté por 2 a 0 e se classifica como líder do grupo na Copinha

Atualizado em 09-01-2022 às 15:01

Recheado de desfalques por conta da Covid-19, o Botafogo venceu o Taubaté-SP por 2 a 0 e, na manhã deste domingo, e avançou na Copa São Paulo de Futebol Júnior. A partida aconteceu no Estádio Joaquim de Morais Filho, em Taubaté, e sacramentou a classificação do Glorioso como o líder do Grupo 14. Os gols alvinegros foram marcados por Raí e Maranhão.

Na próxima fase, o Glorioso irá enfrentar São José ou XV de Piracicaba-SP, ainda sem data, horário e local definidos.

O JOGO

A primeira finalização da partida veio com dois minutos, após jogada trabalhada do Glorioso, em que Wendel chutou de longe e o goleiro adversário fez a defesa. Seis minutos depois, Ewerton achou Raí pela intermediária, que girou e finalizou com muito perigo, mas a bola saiu pelo lado.

Aos 32’, Raí chegou ao fundo pela esquerda e cruzou, após disputa pelo alto de Daniel Fagundes, Wendel chutou para fora. Com 38 minutos, Wendel achou Kauê na entrada da área, este fez um lindo passe de calcanhar para Raí, que invadiu a área e acertou uma belíssima finalização para abrir o placar.

No segundo tempo, aos seis minutos, Raí cobrou falta pela direita, Maranhão disputou no alto e a bola passou muito perto do gol. Com 17’, Wendel arrancou bonito do campo de defesa e encontrou Kauê, que invadiu a área e finalizou em gol, obrigando o arqueiro adversário a fazer grande defesa.

Três minutos depois, Maranhão tabelou com Jefinho, chutou de muito longe e por pouco não ampliou. Com 23 minutos, Wendel cobrou falta lateral pela esquerda direto para o gol e o goleiro do time paulista impediu o que seria um golaço.

Aos 36’, Daniel Fagundes cruzou pela direita na medida para Gabriel Tigrão, que cabeceou com muito perigo. Oito minutos depois, veio o tento que deu números finais ao jogo: Liberato tocou para Raí, que cruzou na área para Maranhão balançar a rede e selar a classificação alvinegra.

Botafogo: Maurício; Wendel Lessa, Carlos Henrique, Ewerton e Jefinho; Liberato, Kauê e Raí (Hugo Iglesias); Daniel Fagundes (Felipe), Gabriel Tigrão e Maranhão. Técnico: Ricardo Resende.

 

Assessoria de Comunicação

Recheado de desfalques por conta da Covid-19, o Botafogo venceu o Taubaté-SP por 2 a 0 e, na manhã deste domingo, e avançou na Copa São Paulo de Futebol Júnior. A partida aconteceu no Estádio Joaquim de Morais Filho, em Taubaté, e sacramentou a classificação do Glorioso como o líder do Grupo 14. Os gols alvinegros foram marcados por Raí e Maranhão.

Na próxima fase, o Glorioso irá enfrentar São José ou XV de Piracicaba-SP, ainda sem data, horário e local definidos.

O JOGO

A primeira finalização da partida veio com dois minutos, após jogada trabalhada do Glorioso, em que Wendel chutou de longe e o goleiro adversário fez a defesa. Seis minutos depois, Ewerton achou Raí pela intermediária, que girou e finalizou com muito perigo, mas a bola saiu pelo lado.

Aos 32’, Raí chegou ao fundo pela esquerda e cruzou, após disputa pelo alto de Daniel Fagundes, Wendel chutou para fora. Com 38 minutos, Wendel achou Kauê na entrada da área, este fez um lindo passe de calcanhar para Raí, que invadiu a área e acertou uma belíssima finalização para abrir o placar.

No segundo tempo, aos seis minutos, Raí cobrou falta pela direita, Maranhão disputou no alto e a bola passou muito perto do gol. Com 17’, Wendel arrancou bonito do campo de defesa e encontrou Kauê, que invadiu a área e finalizou em gol, obrigando o arqueiro adversário a fazer grande defesa.

Três minutos depois, Maranhão tabelou com Jefinho, chutou de muito longe e por pouco não ampliou. Com 23 minutos, Wendel cobrou falta lateral pela esquerda direto para o gol e o goleiro do time paulista impediu o que seria um golaço.

Aos 36’, Daniel Fagundes cruzou pela direita na medida para Gabriel Tigrão, que cabeceou com muito perigo. Oito minutos depois, veio o tento que deu números finais ao jogo: Liberato tocou para Raí, que cruzou na área para Maranhão balançar a rede e selar a classificação alvinegra.

Botafogo: Maurício; Wendel Lessa, Carlos Henrique, Ewerton e Jefinho; Liberato, Kauê e Raí (Hugo Iglesias); Daniel Fagundes (Felipe), Gabriel Tigrão e Maranhão. Técnico: Ricardo Resende.

 

Assessoria de Comunicação


Norsk