Copinha

Botafogo é superado pelo Petrolina por 1 a 0, e irá definir sua classificação neste domingo

Atualizado em 06-01-2022 às 17:22

Debaixo de muita chuva e de um campo pesado, a equipe Sub-20 do Botafogo foi superada pelo Petrolina-PE por 1 a 0, na tarde desta quinta-feira (6/1), no Estádio Joaquim de Morais Filho, pela segunda rodada do Grupo 14 da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com o resultado, o Glorioso ainda se mantém na zona de classificação, na segunda posição da chave, com três pontos e dois gols de saldo.

O próximo compromisso do time comandado pelo técnico Ricardo Resende na Copinha será neste domingo (9/1), às 11h, no mesmo local, contra o Taubaté-SP - novamente com transmissão do SporTV. Caso saia vitorioso do confronto, o Fogão se garante na próxima fase.

O JOGO

Aos três minutos do primeiro tempo, Maranhão recuperou a posse de bola na defesa adversária e cruzou forte para a pequena área com muito perigo, mas Gabriel Tigrão se esticou todo e não conseguiu completar para as redes. Dois minutos depois, o Petrolina abriu o placar, após escanteio cobrado pela esquerda.

Com 22 minutos, Raí virou o jogo e encontrou Jhonnatha pela direita, este ajeitou de primeira para Kauê, que bateu firme de longe e obrigou o goleiro do time pernambucano a trabalhar. Aos 41’, Raí recebeu pela direita, ajeitou para a perna canhota e soltou uma bomba de fora da área, que fez com que o goleiro do Petrolina voasse para fazer grande defesa.

Logo no primeiro minuto da etapa final, Raí cobrou falta pela direita direto para o gol e o arqueiro adversário fez a defesa. Aos 15’, foi a vez de Jhonnatha levar perigo em cobrança de falta.

Três minutos depois, Jefinho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para trás para Raí, que finalizou firme, a bola desviou na defesa da equipe nordestina e saiu passando muito perto do gol. O Glorioso quase chegou ao empate após jogada de Gabriel Tigrão, que virou em cima do zagueiro e chutou de perna esquerda, e Marquinhos, que acertou a trave após bate-rebate em bola área. Tigrão ainda chegou a acertar o travessão em cabeçada após escanteio cobrado nos acréscimos. 

Botafogo: Lucas Barreto; Carlos Henrique (Marquinhos), Ewerton (Daniel Fagundes), Reydson e Jefinho; Liberato, Kauê (Pedro China) e Raí; Jhonnatha (Hugo Iglesias), Gabriel Tigrão e Maranhão (Nicolas). Técnico: Ricardo Resende.

 

Assessoria de Comunicação

Debaixo de muita chuva e de um campo pesado, a equipe Sub-20 do Botafogo foi superada pelo Petrolina-PE por 1 a 0, na tarde desta quinta-feira (6/1), no Estádio Joaquim de Morais Filho, pela segunda rodada do Grupo 14 da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com o resultado, o Glorioso ainda se mantém na zona de classificação, na segunda posição da chave, com três pontos e dois gols de saldo.

O próximo compromisso do time comandado pelo técnico Ricardo Resende na Copinha será neste domingo (9/1), às 11h, no mesmo local, contra o Taubaté-SP - novamente com transmissão do SporTV. Caso saia vitorioso do confronto, o Fogão se garante na próxima fase.

O JOGO

Aos três minutos do primeiro tempo, Maranhão recuperou a posse de bola na defesa adversária e cruzou forte para a pequena área com muito perigo, mas Gabriel Tigrão se esticou todo e não conseguiu completar para as redes. Dois minutos depois, o Petrolina abriu o placar, após escanteio cobrado pela esquerda.

Com 22 minutos, Raí virou o jogo e encontrou Jhonnatha pela direita, este ajeitou de primeira para Kauê, que bateu firme de longe e obrigou o goleiro do time pernambucano a trabalhar. Aos 41’, Raí recebeu pela direita, ajeitou para a perna canhota e soltou uma bomba de fora da área, que fez com que o goleiro do Petrolina voasse para fazer grande defesa.

Logo no primeiro minuto da etapa final, Raí cobrou falta pela direita direto para o gol e o arqueiro adversário fez a defesa. Aos 15’, foi a vez de Jhonnatha levar perigo em cobrança de falta.

Três minutos depois, Jefinho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para trás para Raí, que finalizou firme, a bola desviou na defesa da equipe nordestina e saiu passando muito perto do gol. O Glorioso quase chegou ao empate após jogada de Gabriel Tigrão, que virou em cima do zagueiro e chutou de perna esquerda, e Marquinhos, que acertou a trave após bate-rebate em bola área. Tigrão ainda chegou a acertar o travessão em cabeçada após escanteio cobrado nos acréscimos. 

Botafogo: Lucas Barreto; Carlos Henrique (Marquinhos), Ewerton (Daniel Fagundes), Reydson e Jefinho; Liberato, Kauê (Pedro China) e Raí; Jhonnatha (Hugo Iglesias), Gabriel Tigrão e Maranhão (Nicolas). Técnico: Ricardo Resende.

 

Assessoria de Comunicação


Norsk