Botafogo 3 x 1 Náutico

Fogão vence de virada no Nilton Santos e chega a 44 pontos no Brasileiro Série B

Atualizado em 18-09-2021 às 18:20

E o Botafogo tá como? Tá embalado!!! Na noite deste sábado (18/09), o Glorioso derrotou o Náutico de virada por 3 a 1, no Estádio Nilton Santos, e segue firme no objetivo de conquistar o retorto à elite. Luis Oyama e Rafael Navarro (2) foram os autores dos gols que deram o triunfo para o Fogão.

Com mais um excelente resultado em casa (a sétima vitória seguida), a equipe alvinegra chegou aos 44 pontos na tabela de classificação do Brasileirão Série B e assumiu a segunda colocação de forma provisória. O próximo adversário será o CSA na quinta-feira (23/09), às 19h, no Estádio rei Pelé, em Alagoas. 

O JOGO

Na busca pelo objetivo final visando o acesso à elite do futebol brasileiro, cada passo é importante. A tarde de sábado no Nilton Santos foi de dar um passo pra lá de fundamental. Pela frente, o Náutico, um adversário difícil e encardido, que iniciou a partida dando um susto da equipe alvinegra.

Logo no primeiro ataque, aos 8 minutos, a equipe pernambucana conseguiu abrir o placar com Jean Carlos, em um chute colocado sem chances para Diego Goleiro. Com o revés sofrido bem cedo, o Alvinegro precisou se equilibrar para trabalhar em busca da virada e, aos poucos, foi tomando o controle do duelo. Marco Antônio, aos 17, e Navarro, aos 20, estiveram bem perto de igualar o placar.

O Fogão seguiu em cima! Aos 24 minutos, Navarro arriscou um chute forte rasteiro e parou em uma ótima defesa de Alex Alves. Dois na sequência, foi a vez de Marco Antônio ter mais uma chance. Chay fez boa jagada pelo flanco direito, foi ao fundo e cruzou. O meia-atacante se esticou todo, mas a bola foi sobre o gol do Timbu.

Com uma postura defensiva, o Náutico até dificultou um pouco as ações de construção do Botafogo. Entretanto, água mole em pedra dura, tanto bate até que... gol! No fim da primeira etapa, aos 40, saiu o tento alvinegro. Oyama - que entrou na vaga de Pedro Castro por conta de uma lesão - bateu de longe, a bola contou com um desvio no caminho e foi parar no ângulo. Belo gol do Fogão! 1 a 1.

Na volta do vestiário, o Fogão não quis saber de relaxar e veio para resolver a parada. Logo no minuto cinco, Chay invadiu a área pela direita e fuzilou. Alex Alves espalmou para o centro da pequena área e Navarro apareceu para guardar o dele. O gol da virada! Botafogo 2 x 1 Náutico.

O Botafogo continuou criando boas chances mesmo em vantagem no marcador. Aos 15, Carlinhos cobrou escanteio na cabeça de Gilvan. O camisa 4 testou firme para baixo, mas o arqueiro fez ótima defesa. Um pouco depois, Kanu também cabeceou com perigo para fora.

Os minutos finais foram de um Botafogo mais inteligente. Equilibrado na defesa, controlando o ritmo do duelo e aproveitando os espaços nos contra-golpes. Em um deles, Oyama arrancou em velocidade e tentou um chute sendo bloqueado pela zaga. No rebote, Navarro emendou de primeira e quase fez um golaço. No segundo, a pá de cal. Diego Gonçalves puxou contra-ataque e deixou Navarro em ótimas condições para fechar a conta. Gol do Fogão!

Terceiro gol alvinegro e fim de papo na partida. Mais uma grande vitória do Glorioso em casa e a equipe cada vez mais focada em terminar a corrida com o objetivo final alcançado. Vamos juntos, Fogo!

Botafogo: Diego Loureiro; Daniel Borges, Kanu, Gilvan (Lucas Mezenga) e Carlinhos; Barreto, Padro Castro (Luis Oyama) e Chay (Luiz Henrique); Marco Antônio (Kayque), Warley (Diego Gonçalves) e Rafael Navarro. Técnico: Luis Fernando Flores (Enderson Moreira).

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS DA PARTIDA (VITOR SILVA/BFR):

Botafogo x Náutico - 18/09/2021  

Assessoria de Comunicação

E o Botafogo tá como? Tá embalado!!! Na noite deste sábado (18/09), o Glorioso derrotou o Náutico de virada por 3 a 1, no Estádio Nilton Santos, e segue firme no objetivo de conquistar o retorto à elite. Luis Oyama e Rafael Navarro (2) foram os autores dos gols que deram o triunfo para o Fogão.

Com mais um excelente resultado em casa (a sétima vitória seguida), a equipe alvinegra chegou aos 44 pontos na tabela de classificação do Brasileirão Série B e assumiu a segunda colocação de forma provisória. O próximo adversário será o CSA na quinta-feira (23/09), às 19h, no Estádio rei Pelé, em Alagoas. 

O JOGO

Na busca pelo objetivo final visando o acesso à elite do futebol brasileiro, cada passo é importante. A tarde de sábado no Nilton Santos foi de dar um passo pra lá de fundamental. Pela frente, o Náutico, um adversário difícil e encardido, que iniciou a partida dando um susto da equipe alvinegra.

Logo no primeiro ataque, aos 8 minutos, a equipe pernambucana conseguiu abrir o placar com Jean Carlos, em um chute colocado sem chances para Diego Goleiro. Com o revés sofrido bem cedo, o Alvinegro precisou se equilibrar para trabalhar em busca da virada e, aos poucos, foi tomando o controle do duelo. Marco Antônio, aos 17, e Navarro, aos 20, estiveram bem perto de igualar o placar.

O Fogão seguiu em cima! Aos 24 minutos, Navarro arriscou um chute forte rasteiro e parou em uma ótima defesa de Alex Alves. Dois na sequência, foi a vez de Marco Antônio ter mais uma chance. Chay fez boa jagada pelo flanco direito, foi ao fundo e cruzou. O meia-atacante se esticou todo, mas a bola foi sobre o gol do Timbu.

Com uma postura defensiva, o Náutico até dificultou um pouco as ações de construção do Botafogo. Entretanto, água mole em pedra dura, tanto bate até que... gol! No fim da primeira etapa, aos 40, saiu o tento alvinegro. Oyama - que entrou na vaga de Pedro Castro por conta de uma lesão - bateu de longe, a bola contou com um desvio no caminho e foi parar no ângulo. Belo gol do Fogão! 1 a 1.

Na volta do vestiário, o Fogão não quis saber de relaxar e veio para resolver a parada. Logo no minuto cinco, Chay invadiu a área pela direita e fuzilou. Alex Alves espalmou para o centro da pequena área e Navarro apareceu para guardar o dele. O gol da virada! Botafogo 2 x 1 Náutico.

O Botafogo continuou criando boas chances mesmo em vantagem no marcador. Aos 15, Carlinhos cobrou escanteio na cabeça de Gilvan. O camisa 4 testou firme para baixo, mas o arqueiro fez ótima defesa. Um pouco depois, Kanu também cabeceou com perigo para fora.

Os minutos finais foram de um Botafogo mais inteligente. Equilibrado na defesa, controlando o ritmo do duelo e aproveitando os espaços nos contra-golpes. Em um deles, Oyama arrancou em velocidade e tentou um chute sendo bloqueado pela zaga. No rebote, Navarro emendou de primeira e quase fez um golaço. No segundo, a pá de cal. Diego Gonçalves puxou contra-ataque e deixou Navarro em ótimas condições para fechar a conta. Gol do Fogão!

Terceiro gol alvinegro e fim de papo na partida. Mais uma grande vitória do Glorioso em casa e a equipe cada vez mais focada em terminar a corrida com o objetivo final alcançado. Vamos juntos, Fogo!

Botafogo: Diego Loureiro; Daniel Borges, Kanu, Gilvan (Lucas Mezenga) e Carlinhos; Barreto, Padro Castro (Luis Oyama) e Chay (Luiz Henrique); Marco Antônio (Kayque), Warley (Diego Gonçalves) e Rafael Navarro. Técnico: Luis Fernando Flores (Enderson Moreira).

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS DA PARTIDA (VITOR SILVA/BFR):

Botafogo x Náutico - 18/09/2021  

Assessoria de Comunicação


Norsk