Referência

Duda Machado fala sobre histórico familiar no Botafogo e a expectativa para os playoffs do Brasileirão

Atualizado em 20-04-2021 às 17:00

Ala multicampeão do basquete nacional e com histórico familiar extenso no Botafogo, Duda Machado é um dos pontos de referência no basquete alvinegro. Em entrevista exclusiva ao site oficial do Glorioso, o jogador falou sobre a sua chegada ao Clube e seu papel no elenco predominantemente jovem do técnico João Batista. 

CHEGADA

- Estou muito feliz por voltar ao Rio e vestir uma camisa pesada como a do Botafogo, que tem uma tradição grande no basquete, inclusive com título sul-americano recentemente, e muita história na minha família. Meus dois irmãos, meu pai e meu tio jogaram aqui e a minha mãe é botafoguense. Tá sendo especial!

FAMÍLIA 

- Foi uma boa coincidência. Na hora de escolher o Botafogo eu acabei pensando nisso também, mas de forma natural. A reação deles quando eu contei foi muito legal, todos ficaram felizes e agora espero retribuir em quadra também. 

MARCELINHO

- Ele construiu uma bonita história aqui, que deu orgulho a todos nós. Eu o acompanhei bastante e meu primeiro jogo como Adulto, quando eu tava subindo pelo Fluminense, foi exatamente contra aquele forte time do Botafogo. Posso dizer que o Marcelinho bateu bastante na gente e foram anos bem complicados (risos). O Botafogo era um time que brigava por título brasileiro e o projeto que eu participava ainda estava começando. Agora ele me desejou boa sorte, falou um pouco sobre a responsabilidade que é jogar aqui e disse que estava feliz por eu continuar a história da nossa família.

REFERÊNCIA PARA OS MAIS JOVENS

- É uma responsabilidade a mais sem dúvidas. Pela minha idade, experiência e lugares que eu já passei, acabo tendo que acrescentar um pouco mais no dia a dia, buscando uma conversa para melhorar no jogo deles e até mesmo fora de quadra. Procuro sempre passar tranquilidade e gosto desse papel, aceitei vir pra cá já sabendo da minha importância nesse sentido e estou completamente à vontade. Sigo dando o meu melhor todos os dias pelo sucesso do Botafogo dentro de quadra e também pela evolução desses meninos que estão cheios de gás e totalmente comprometidos. 

PLAYOFFS 

- Estamos confiantes e no meio de dois meses de treinos, onde a parte física tá sendo muito trabalhada e o contato com a bola e os coletivos têm aumentado nas últimas semanas. É um tempo longo que vamos usar da melhor forma possível para chegar 100% em Brusque e buscar esse campeonato. Vai ser difícil, sabemos que tudo pode acabar em um jogo ou, se tudo der certo, em uma semana com cinco jogos. De qualquer forma o campeonato vai ser decidido em tiro curto e com partidas valendo a vida todo dia, e isso exige muita força mental dos times. E disso nós estamos falando bastante aqui. Temos que chegar com a parte técnica e tática bem afiada e, principalmente, com a cabeça no lugar pra qualquer adversidade.

O Botafogo volta à quadra no próximo dia 15, em Brusque, para disputar as oitavas de final do Campeonato Brasileiro. O adversário ainda não foi definido e sairá da Conferência Hélio Rubens, que se encerra na semana que vem.

 

Walner Junior


Norsk