AUDITORIAS

O Botafogo de Futebol e Regatas conta com auditoria especializada realizada por empresa altamente qualificada, com amplo conhecimento e reconhecida atuação no mercado nacional e internacional em análises empresariais e administrativas, a BDO.

A BDO é a quinta maior empresa de auditoria e consultoria no Brasil, atuando em serviços de Auditoria, Tax, Advisory e Controladoria nos diversos setores da economia, incluindo uma lista de clientes na área Futebolística. Está presente em 162 países com mais de 70 mil colaboradores ao redor do mundo, sendo 1.600 atuantes no Brasil, tem o compromisso com valores como integridade, ética, comprometimento, simplicidade e praticidade. São sua experiência e reconhecimento internacional que balizam a análise dos processos de gestão e análises sobre as movimentações contábil e financeira do Clube e da Companhia Botafogo.

Além da auditoria externa, os acompanhamentos internos são feitos por membros do Conselho Deliberativo do Botafogo. E o Conselho Fiscal do Botafogo é responsável por fiscalizar a execução do orçamento, examinar mensalmente livros, documentos, contratos e balancetes contábeis, emitir parecer sobre o balanço e demonstrações financeiras, entre outras atribuições. Atualmente o Conselho Fiscal é presidido por Ricardo Wagner de Almeida, tendo como membros Grande-Benemérito Aderaldo Vieira Chaves, Grande Benemérito José Vitor Caetano dos Santos, Antonio Pereira de Santana Junior, Aldo Augusto Pires Filho, Alexandre Brandão Cardoso, Carlos Eduardo Godinho de Souza, Jorge Paulo Magdaleno Filho, Joseli Pereira da Cruz, Mario Cícero Gonçalves de Melo, Sergio de Albuquerque Cerqueira.

Como exemplo do nosso compromisso com a transparência, no passado o Botafogo de Futebol e Regatas e a EY, uma das quatro maiores empresas de auditoria do mundo, celebraram acordo para auditar processos, documentações e contas do Botafogo no período de gestão comandado pelo ex-Presidente Maurício Assumpção.

O ex-Presidente teve suas contas relativas ao ano fiscal de 2014 reprovadas pelo Conselho Deliberativo do clube, após parecer, no mesmo sentido, exarado pelo Conselho Fiscal. Em virtude de atos temerários cometidos durante sua administração, encontra-se respondendo a processo ético perante os órgãos competentes do clube.

© 2017 Botafogo de Futebol e Regatas