notícia

Dia Especial

Goleiro do Sub-20, Victor Hugo recebe a chance de treinar com a equipe principal
Atualizado em 30-01-2015, 21:55

Recém promovido para a categoria Sub-20, o jovem Victor Hugo recebeu uma oportunidade de ouro nos últimos dois dias de treinos da equipe principal no Estádio Nilton Santos. Na última quinta e sexta-feira, o jovem foi chamado para integrar o grupo de goleiros juntamente com Jefferson, Renan e Helton Leite, e pôde viver de perto a atmosfera que envolve o dia a dia do futebol profissional.

A oportunidade do jovem arqueiro, de apenas 17 anos, surgiu pois Saulo, outro goleiro da base alvinegra que vinha treinando com a equipe principal, foi chamado para treinar com a equipe Sub-20. Saulo é titular dos juniores do Fogão e participará a estreia nesse sábado contra o Boavista, em São Januário.


Victor, do Sub-20 alvinegro, treinou pela primeira vez com a equipe principal do Botafogo.

Feliz com a oportunidade, Victor Hugo contou sobre como se sentiu ao receber a notícia e afirmou que o período, mesmo que curto, junto ao elenco principal vai agregar em seu aprendizado na base.

- Foi uma surpresa para mim. Fiquei muito feliz quando recebi a notícia que iria treinar com os profissionais. Foi uma oportunidade maravilhosa que eu aproveitei ao máximo cada minuto. Qualquer que seja o tempo ao lado do elenco principal, sempre será de muito aprendizado. Ter a oportunidade de observar e ouvir conselhos dos que já têm uma maior experiência, com certeza, é muito gratificante. - disse o goleiro.

Como não podia ser diferente, Victor tem como fonte de inspiração o capitão alvinegro e camisa 1 da Seleção Brasileira Jefferson. O jovem, repleto de entusiasmo, passou o dia trabalhando ao lado de seu ídolo.

- Não tem como o Jefferson não ser meu ídolo! Para mim ele é um espelho. Goleiro de seleção, extremamente profissional, sempre com muita humildade e de um caráter invejável. Ele não é só um exemplo como atleta, mas também é um exemplo de pessoa. - enalteceu.


Assim como seu ídolo, Victor em ação pegando um pênalti durante uma partida do carioca Sub-17.

Apesar do grande momento vivido, o garoto segue com os pés no chão e focado no seu trabalho. Para ele, fazer história no Botafogo é a meta principal, mas antes existe um longo caminho a ser trilhado dentro dos juniores.

- Temos sempre que pensar positivo, que você vai conseguir chegar onde você quer mas primeiro eu tenho que focar nos juniores, que é uma categoria que eu estou a pouco tempo, tenho que continuar trabalhando bastante sem passar por cima de ninguém. Seria uma honra marcar meu nome em um time com a grandeza do Botafogo, criei um carinho muito grande pelo clube e penso em representar bem essa camisa. - encerrou Victor.

Fabio de Paula