notícia

Nos passos do ídolo

Inspirado por Jefferson, goleiro André é convocado para Seleção Brasileira Sub-15
Atualizado em 24-01-2015, 13:00

O Botafogo segue com sua tradição de ceder bons goleiros para a Seleção Brasileira. Pela seleção principal, o ídolo e capitão alvinegro Jefferson é o titular da posição. Almejando seguir os passos de seu ídolo, o jovem arqueiro André recebeu uma grata notícia ao ser convocado, na última sexta-feira, pelo técnico Cládio Caçapa para a Seleção Brasileira Sub-15.

André faz parte da lista de 26 atletas selecionados pelo treinador Caçapa. Juntos os jovens farão uma semana de treinamentos no Spa Sport Resort, na cidade de Itu, em São Paulo. A preparação visa a disputa Torneio Mundial de Montaigu, que acontecerá de 31 de março a 6 de abril, na França. Além disso, essa é uma etapa importante pensando no Sul-Americano da categoria.

Essa é a primeira convocação de André para a seleção Brasileira de base. Assim como seu ídolo no clube, o capitão Jefferson, o menino sonha em alcançar seu espaço na seleção Sub-15 para um dia também brilhar com a camisa principal do Brasil.

- É uma experiência nova para mim, eu já vinha trabalhando para isso a bastante tempo. Estou muito feliz, porque isso dá uma moral a mais para o nosso trabalho. Espero um dia poder seguir os passos do Jefferson. Ele é um ídolo para o Botafogo e não está longe de ser um ídolo nacional, ele é uma referência enorme para mim como um grande atleta. É um jogador com uma identidade muito grande com o clube e titular da seleção. Quem não quer seguir? - frisou o jovem.

Com seus 1,87m de altura, o jovem de apenas 14 anos é um dos destaques da equipe Sub-15 do Glorioso. No ano passado, André levantou o caneco de Campeão Carioca da categoria sendo uma das peças fundamentais do título ao defender duas cobranças da pênaltis na decisão contra o Fluminense. Já nesse ano, o camisa 1 da equipe foi o nome alvinegro na Copa do Brasil Votorantim fazendo ótimas exibições.

- Estou em um momento bom. É uma felicidade muito grande até porque em 2013 não fiz um ano tão legal. Por isso, corri atrás para evoluir mais a cada dia. O resultado apareceu nessa conquista importantíssima do Campeonato Carioca pegando dois pênaltis na categoria acima e teve sequência nesse ano onde fiz uma boa competição na Copa Votorantin e fui presenteado pelo reconhecimento nacional com a convocação - analisou André.


André defendeu o último pênalti na final do Carioca de 2014 contra o Fluminense. (Foto: Vitor Silva/SS Press)

Thiago Aprigio, comandante da equipe na Copa Votorantim, analisou a participação do jovem na competição e indicou as boas atuações do goleiro, como parte integrante do seguro sistema de defesa alvinegro, como um fator preponderante para a oportunidade de André com a amarelinha.

- Fico muito feliz pela convocação do André. Embora seja um conquista individual, ela vem amparada por um sucesso coletivo. Na Copa Brasil Votorantim, nossa equipe sofreu apenas 1 gol onde o nosso sistema defensivo como um todo foi muito eficiente e como parte deste sistema o André fez excelentes jogos e, mais do que defesas, se mostrou muito eficiente nas coberturas e no jogo com os pés, o que chamou muita atenção de todos que acompanharam os jogos. Desejo sucesso para ele neste período de treinamento com a seleção. - declarou o técnico.


O jovem recebeu o prêmio de jogador destaque do jogo entre Botafogo x Palmeiras, na Copa Votorantin.

Instrutor e preparador do menino, Leonardo Signorelli falou sobre as características de André no trabalho do dia a dia e se mostrou confiante na convocação do jovem.

- Eu e o André estamos juntos desde o final de 2012. Ele sempre foi muito dedicado nos treinos. Em certo ponto se cobra bastante quando acha que poderia ter sido melhor em algum treino ou jogo, isso é um ponto positivo dele. Ele é um goleiro muito técnico, ágil e inteligente. Está sempre muito atento as informações e as aprende muito rápido. Ele sempre sonhou em ser convocado para a Seleção. O trabalho e empenho que ele vem mostrando nos treinos e jogos, fez com que ele chegasse a essa esperada convocação. Tenho certeza que ele está preparado para isso. - contou Leonardo.

Fabio de Paula