notícia

Aqui é time grande

Volante Willian Arão mostra personalidade para buscar seu espaço no Glorioso
Atualizado em 15-01-2015, 23:15

Campeão do Mundo, seguro e consciente do que pode fazer dentro das quatro linhas. O Botafogo apresentou mais um reforço para a temporada e, apesar do jeitão experiente, trata-se do jovem volante Willian Arão, de 22 anos, que chega ao Alvinegro com a missão de buscar seu espaço e ajudar o clube na temporada

Apesar da pouca idade, Willian Arão não foge da responsabilidade e sabe o que quer no Botafogo: crescer e marcar seu nome na história do Glorioso. Campeão do mundo com o Corinthians, Arão sabe que terá concorrência, mas acredita que o momento da pré-temporada é ideal para ganhar uma vaga na equipe.

- Tenho só 22 anos, mas vivi com grandes jogadores no Corinthians como o Danilo, Chicão, Cássio, que puderam me passar muitas coisas e com isso eu posso ajudar o grupo e os demais jogadores também. Por mais que o René tenha escolhido a dedo os jogadores,  é agora na pré-temporada que vamos ganhar a posição. Não adianta falar que no ano passado foi bem e não mostrar para o treinador o seu talento. Não vai ganhar a posição.

Tratado como jóia no clube paulista, Willian Arão tratou de deixar claro logo na sua chegada que não veio para ser o novo Gabriel. Para o volante, são estilos diferentes e ele quer construir sua trajetória no clube com o seu modo de jogo.

- O Gabriel teve uma boa passagem, mas eu não venho para substituir, cheguei para deixar a minha marca. Eu sou o Willian, não o Gabriel, temos características diferentes e estou aqui para marcar o meu nome no Botafogo. Espero dar o meu melhor e fazer grandes jogos com essa camisa maravilhosa - contou Willian Arão.

- Não com as mesmas características, mas com muito chute de longa distância e com um bom passe também.

- A minha última passagem foi pelo Atlético Goianiense na Sèrie B. Sou volante de marcação, com bom passe e finalização de longa distância.

- Eu acho que ápice é chegar lá. Tive experiências maravilhosas nessa viagem e acabei tendo poucas chances no Corinthians depois do Mundial. Não tive problema nenhum em sair do Corinthians e estou feliz em estar aqui.

Na briga pelo meio-campo alvinegro o jovem Arão terá a concorrências de experientes volantes como Marcelo Mattos e Airton, além de jovens como Andreazzi e o recém-promovido das Categorias de Base, Fernandes. Arão não se importa e, respeitando os colegas de posição, espera conquistar seu espaço e honrar seus compromissos com o clube e com sua família.

- Penso que cada um vai ter a sua oportunidade, vai ter que mostrar o seu trabalho dentro de campo e suar a camisa do Botafogo. Todo mundo começa do zero e eu não me intimido, se for assim não vou jogar. Respeito todo mundo, mas aqui estou brigando pelo meu prato de comida e tenho que pensar na minha família também - frisou Arão.

Se o objetivo principal é o acesso à elite do futebol brasileiro, Arão confia, mas ressalta a importância de um bom início de ano na disputa do Campeonato Carioca, o que poderá dar ao time uma confiança a mais na Série B.

- Todos são adversários, mas antes disso temos que pensar no Campeonato Carioca. Se fizermos um bom campeonato vamos entrar motivados na Série B. Seremos o time a ser batido e temos que saber o peso dessa camisa, que é de um time grande - lembrou o jovem volante.

Confira a galeria de fotos do treino desta quarta-feira nas imagens de Vítor Silva/SSPress!


Marcos Silva