notícia

Novo Treinador

Botafogo apresenta o novo comandante da categoria Sub-17 do Basquete
Atualizado em 10-01-2015, 12:15

O Glorioso apresentou mais um importante nome que fará parte da reestruturação do basquete no clube. Bruno "Peri" será o novo técnico da equipe Sub-17 alvinegra e chega como peça fundamental no projeto de médio a longo prazo do Alvinegro para o basquete de base.

Novamente, o Botafogo contou com o apoio das empresas parceiras que seguem colaborando com o basquete do clube. A pousada Pontal da Praia, localizada em São Pedro da Aldeia, e a distribuidora de lubrificantes Solub seguem sendo essenciais no projeto alvinegro.

Atual campeão carioca Sub-16 pelo Club Municipal, Peri é um treinador jovem, de apenas 32 anos, mas apesar da pouca idade, a nova aquisição alvinegra possui um currículo de bastante experiência no seu ex-clube. Após passar por um período longo no Municipal, o comandante chegou ao auge no ano passado com o título estadual, fato que chamou a atenção no Botafogo.

Botafoguense declarado, Bruno Peri falou sobre o seu sentimento de fazer parte de um projeto tão importante em seu clube de coração e se mostrou feliz com a oportunidade.

- Trabalhar no Botafogo é um sonho de infância. Meu pai é botafoguense, então desde os 3 anos, eu vou ao Maracanã com ele. o Botafogo está presente na minha vida todos os dias, é o clube do meu coração. Estou muito feliz com essa chance de poder desenvolver meu trabalho aqui. Recebi o convite por parte do Eduardo Garrido (Pezinho), que é novo diretor de basquete, e aceitei prontamente. Espero dar o meu máximo para que o clube volte ao trilho dos títulos no Basquete, como foi no passado. - declarou Peri.


Peri (Novo treinador do Sub-17 alvinegro) sendo apresentado por Pezinho (Novo diretor de Basquete).

O novo comandante contou ainda uma curiosidade que mostra sua forte ligação com o clube de General Severiano. O apelido "Peri" surgiu nos tempos de escola e em homenagem ao ex-lateral do clube Perivaldo, campeão da Copa Conmebol de 1993.

- O apelido veio por causa da Copa Conmebol de 93. Fui para a escola com a camisa 2 do Botafogo e como existiam vários "Brunos" na sala, começaram a me chamar de Perivaldo e logo depois, virou Peri. - contou o técnico.

Sem dúvidas, o Glorioso vai se organizando para formar um basquete de base forte. Em breve, mais novidades virão!

Fabio de Paula