notícia

Nas alturas

Tássio chega ao Botafogo e destaca força no jogo aéreo com seus 1,96m
Atualizado em 09-01-2015, 13:53

O Botafogo apresentou mais um reforço para a temporada 2015. O nome da vez é o atacante Tássio, de 31 anos e 1,96m de altura. Carioca, o atacante teve passagens por clubes do Rio e São Paulo, além de Portugal e China. Apresentado pelo Gerente de Futebol Antônio Lopes na sala de imprensa Armando Nogueira, em General Severiano, o reforço alvinegro tem como principais virtudes a força e o jogo aéreo.

- Hoje nós temos a satisfação de apresentar outro jogador contratado para o Botafogo, o Tássio, que é um atleta muito conhecido já no futebol brasileiro e internacional. No Brasil jogou em equipes do Rio de Janeiro e São Paulo, além de Portugal e leste europeu. É um atacante referência e o René gostou. Estávamos atrás de um atacante de referência, de boa estatura e cabeceio. Acho que ele vai se dar muito bem no Botafogo e o clube está nessa expectativa, contando com o jogador e acreditando que o Tássio vai ser muito útil nessa temporada - apresentou Lopes.

Confira galeria de fotos de Vitor Silva / SS Press da apresentação:


Confira os principais trechos da apresentação de Tássio no Botafogo:

FELIZ NO BOTAFOGO

- Sou um atacante que gosta de jogar na área. Como já perceberam eu sou bem alto, um jogador de força e posso ser muito útil nesse objetivo de voltar para a série A. Vim para colaborar e estou muito feliz de estar aqui realizando o sonho de vestir a camisa de um time grande e de muita tradição, ainda mais no Rio de Janeiro, onde eu nasci. Agora é trabalhar na pré-temporada para buscar o meu espaço. Estou realizado e agora é só dar sequência.

BRIGA POR VAGA NO ATAQUE

- São jogadores de qualidade e que se destacaram na temporada passada, mas estou focado no meu objetivo, que é ajudar e colaborar. Então não tem outra saída a não ser trabalhar duro, esperar minha oportunidade e quem sabe poder ajudar bastante com gols e na busca pelas vitórias.

SÉRIE B

- É uma competição diferente, que exige mais da parte física e um pouco mais de contato. Vivi essa experiência com o Figueirense e tive o prazer de conseguir o acesso, além do Bragantino no início da temporada passada. O grupo que está sendo formado no Botafogo é experiente e também de qualidade, acho que vai ser uma boa Série B para nós e esperamos alcançar o objetivo do acesso.

CONTATO COM RENÉ SIMÕES

- Já tive o contato com o professor René, que me passou muita tranquilidade. O Bill também é um jogador que disputa posição comigo, tem muita habilidade e eu tive o prazer, ou o desprazer, de enfrentá-lo no ano passado. Acho que está aberto, vou buscar o meu espaço e o René depositou a confiança em mim. Acredito Não ter dificuldade em desempenhar o meu trabalho aqui no Botafogo.

SONHO REALIZADO

- É a realização de um sonho. Todo jogador tem o sonho de jogar numa equipe grande e eu estou conseguindo realizar isso aqui agora, uma chance única na minha vida. Espero agarrar essa chance com todas as forças, não deixar escapar e quem sabe permanecer aqui por muito tempo.

TUTA ALVINEGRO?

- Já aconteceu a comparação. Para mim é uma honra a comparação com um grande jogador e figura do futebol brasileiro, mas para por aí. o Tuta é o Tuta e o Tássio é o Tássio. Vou procurar fazer o meu jogo e ficar mais conhecido no cenário nacional.

DIFERENCIAL NO ATAQUE

- Sou um jogador alto, forte e isso ajuda no jogo aéreo. Acho que a versatilidade também ajuda, posso jogar um pouco fora da área. A briga está aberta e vai ser no dia a dia que isso vai ser conquistado. Espero fazer uma grande pré-temporada para ficar à disposição do professor René.

PASSAGEM PELO FUTEBOL CHINÊS

- A China me marcou muito, principalmente pelas iguarias do país. Tive um pouco de dificuldade para me adaptar no começo, principalmente na alimentação. O forte calor também, mas foram obstáculos que eu superei, fiz um bom trabalho e fui credenciado para o Botafogo.

GOSTO PELA CAMISA 9

- É um número que eu gosto de usar e, se tiver sobrando e quiserem me dar, vou aceitar com muito gosto. O mais importante é dentro de campo e a parte mais importante da camisa é o escudo, muito mais valioso do que o número atrás.

POR UM LONGO TEMPO NO GLORIOSO

- Tenho que ter essa ambição de ficar aqui por muito tempo. o Botafogo é um clube muito grande, de muita história e se eu não tivesse esse desejo, talvez não estaria na profissão certa. Tenho objetivos individuais, mas o mais importante são os da equipe e espero contribuir bastante esse ano.

ESPÍRITO DE UNIÃO

- O espírito é de união e vamos precisar muito disso esse ano.Em 2014 o clube teve um ano difícil e o René bate muito na tecla que temos que estar juntos e formar um time. Acho que ele está focado nesse objetivo e nós estamos com ele pelo Botafogo.

Confira a entrevista completa na TV do Fogão!




 

Marcos Silva