notícia

Cabofriense 2 x 1 Botafogo

Sem principais jogadores, Glorioso perde em Macaé pelo Estadual e foca na Libertadores
Atualizado em 26-01-2014, 19h07

Quarta-feira o Botafogo tem pela frente um dos principais jogos do ano: a partida de ida da primeira fase da Libertadores, contra o Deportivo Quito, no Equador. O time que irá jogar se preparou neste domingo com uma vitória por 4 a 3 sobre o Olaria, em jogo-treino. À tarde, a equipe que tem atuado no Carioca perdeu por 2 a 1 para a Cabofriense, no Moacyrzão, em Macaé.

O JOGO

Sem os principais jogadores, o Botafogo foi a Macaé ter um desafio difícil: enfrentar a Cabofriense debaixo de forte sol. E o adversário mostrou virtudes, como a organização e a velocidade, que tornaram a missão mais complicada. Logo aos 3 minutos, Keninha apareceu livre na frente do gol, mas Renan salvou a primeira e André Bahia evitou no rebote.

Após o bom início da Cabofriense, o time alvinegro se encontrou e passou a criar chances. Com dois atacantes (Henrique e Elias) em campo, o primeiro lance de perigo foi originado por Daniel, que fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Henrique desviar para fora. Na bola parada, aos 16, Anderson cobrou bem uma falta e Jefferson voou para espalmar. Por ironia do destino, foi a Cabofriense que marcou. Aos 18, Keninha aproveitou sobra na área e mandou para a rede.

Com a desvantagem no placar, o Botafogo tentou de tudo atrás do empate. Aos 30, Daniel deu belo passe para Elias invadir a área e bater cruzado para defesa de Jefferson. Aos 34, Daniel invadiu a área, deu um lençol no zagueiro, mas quando rolou para trás a zaga afastou. O meia arriscou também em jogada individual, só que a conclusão de esquerda foi para fora. Na melhor oportunidade, aos 46, Dankler pegou sobra na área e soltou uma bomba, em que Jefferson fez uma grande intervenção.

No segundo tempo, houve um maior controle por parte do Botafogo, mas sem conseguir criar tantas chances efetivas. Airton teve de ser substituído após levar um entrada forte e Henrique também saiu, entrando Gegê e Cidinho.

Os dois meias entraram com disposição e buscando o jogo. Cidinho tentou de cabeça e de falta. Aos 27, Gegê cobrou falta da esquerda na medida para André Bahia cabecear para a rede e empatar a partida.

Porém, faltou sorte para o Botafogo. Dois minutos depois, Fabrício Carvalho de cabeça recolocou a Cabofriense em vantagem. No fim, Gegê bateu consciente e acertou a trave esquerda. Pouco depois, Daniel finalizou de fora da área rente à trave direita. Não era dia.

GALERIA DE FOTOS




BOTAFOGO: Renan, Alex, Dankler, André Bahia e Anderson (Fabiano); Airton (Gegê), Rodrigo Souto, Renato e Daniel; Henrique (Cidinho) e Elias. Técnico: Eduardo Hungaro.

Danilo Santos