notícia

Tradição e fé

Clube celebra missa pela fusão de 1942 no dia da padroeira do Botafogo
Atualizado em 08-12-2014, 23:58

O dia 08 de dezembro não é comum no Botafogo. Apelidado de Glorioso por merecimento, o clube comemora a fusão entre o Club de Regatas Botafogo(1894) com o Botafogo Football Clube(1904), em 1942. A data também é marcada pelo dia da festa de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, a padroeira do Alvinegro. O clube promoveu uma missa no Salão Nobre de General Severiano com a presença da diretoria e ilustres botafoguenses do quadro social alvinegro.

A união é a máxima do Botafogo

O Botafogo surgiu de um ato de união e isso é inegável. O capítulo da história alvinegra que unificou o Botafogo foi triste, mas significou o espírito do Alvinegro. No dia 11 de junho de 1942, os dois clubes disputavam uma partida de basquete pelo Campeonato Estadual e o jogador Albano, do Botafogo F.C., durante o intervalo, caiu em quadra, vítima de um ataque fulminante. A partida foi interrompida a dez minutos do final, quando o placar marcava CRB 21x 23 BFC.

O corpo de Albano saiu da sede de General Severiano e, quando passava em frente ao Mourisco Mar, o então presidente do C.R.Botafogo, Augusto Frederico Schimidt, disse: "Comunico nesta hora a Albano que a sua última partida resultou numa nítida vitória. O tempo que resta do jogo interrompido os nossos jogadores não isputarão mais". O então presidente do Botafogo Football Club, Eduardo Góis Trindade, respondeu: "Nas disputas entre os nossos clubes só pode haver um vencedor, o Botafogo!" Schimidt então selou a fusão: "O que mais é preciso para que os nossos dois clubes sejam um só?"

Missa solene é marcada por emoção e promessa de união pelo Botafogo


Presentes na dupla comemoração, o Presidente Carlos Eduardo Pereira, o VP Nelson Mufarrej e o VP de Futebol Antônio Carlos Mantuano estiveram no salão nobre de  General Severiano e foram parte da comemoração. Emocionado, o presidente Carlos Eduardo Pereira falou aos presentes e destacou a união que originou o Botafogo como um dos pontos de apoio para ajudar a reerguer o clube em 2015.

- Tenho certeza que o maior desafio da nossa gestão será promover a união dos botafoguenses, estender as mãos para todos os adversários da última eleição, abrir o clube a todos que queiram colaborar com o Botafogo porque o momento não comporta divisões e mais discórdias. Que Nossa Senhora estenda sobre nós as suas bênçãos e permita que o Botafogo viva eternamente. Ao nosso Botafogo os nossos melhores pensamentos e a nossa certeza de que ele não pode nunca se apequenar. Ele vai voltar a ocupar o lugar de direito graças ao apoio de todos nós, disse o aplaudido presidente Carlos Eduardo Pereira.

Botafogo celebra missa em General Severiano.
Presidente reforçou a união entre os botafoguenses como fundamental no momento do clube

O presidente Carlos Eduardo Pereira também se mostrou recompensado com a cerimônia organizada pelo Departamento de Marketing do clube no Salão Nobre de General Severiano. Para o presidente, o local deve e será mais aproveitado pelo quadro social do clube durante sua gestão pelo resgate de importantes valores da família botafoguense.

- É uma alegria muito grande poder ver o Salão Nobre de General Severiano novamente ocupado pelo quadro social do Botafogo. Esse é um desejo que nós tínhamos e queremos que seja uma nova prática. Esse salão que fez com que nossos pais, tios e avós se conhecessem e convivessem aqui o seu dia-a-dia, seus amores e tantos momentos importantes, vivia fechado e afastado do quadro social. É um momento muito importante e tenho certeza que se reproduzirá por muitas e muitas vezes ao longo desses três anos, certificou o presidente.

Ciente das dificuldades que esperam o Botafogo em 2015, Carlos Eduardo Pereira reforçou as preces para Nossa Senhora da Conceição por um ano de alegrias aos botafoguenses e reiterou a necessidade de cada um buscar nas tradições do Glorioso e na força da camisa alvinegra a inspiração necessária para reerguer o clube e trazê-lo de volta para o seu lugar de honra.

- É um momento especial da nossa vida e que temos que pedir mais do que nunca para que Nossa Senhora olhe para esse clube. O Botafogo passa por um dos períodos mais complicados da sua vida, sofrendo bloqueios em todas as nossas contas, seja por ações trabalhistas, por ações movidas pela Procuradoria da Fazenda Nacional e em vários campos, com varias dificuldades. Temos encontrado muitas dificuldades nesses primeiros dias de gestão, mas também quero passar as senhoras e aos senhores uma mensagem de otimismo lembrando o que o nosso grande benemérito Manoel Sodré Viveiro de Castro dizia com muita propriedade e fé: 'O Botafogo é uma fortaleza e ele não se renderá'. General Severiano é a nossa fortaleza, aqui é a nossa casa e aqui estão os valores. Por aqui circularam os grandes nomes da vida do Botafogo e aqui que temos que encontrar forças para seguir o nosso caminho e superar todas as adversidades, encerrou Carlos Eduardo Pereira.

Confira a galeria de fotos da Missa Solene em General Severiano!


Marcos Silva