notícia

De olho na chance

Liberado, Maikon quer mostrar serviço para seguir no Botafogo
Atualizado em 29-11-2014, 21:02

O Botafogo enfrenta o Santos no penúltimo jogo antes do fim do Campeonato Brasileiro, mas para o atacante Maikon, de 21 anos, a partida é a chance de iniciar. Liberado para jogar, o atleta viajou com o time e virou opção para o treinador Vagner Mancini no domingo, na Vila Belmiro.

Artilheiro no futebol paulista onde se destacou pelo São José, Maikon teve rápida adaptação ao elenco e tem sido um dos destaques nos treinamentos. Diante da sua primeira oportunidade, o atacante deixou claro o seu objetivo: mostrar serviço para seguir no Botafogo em 2015.

- Espero dar o melhor e fazer a minha parte para ajudar a equipe. Quero ficar no Botafogo ano que vem e trabalho pensando nisso. É tudo que eu mais quero - deseja o jovem atacante.

Diante do difícil cenário que vive o time no Campeonato Brasileiro, Maikon sabe da importância da vitória e de uma combinação de resultados para que o Botafogo se mantenha vivo na competição nacional. Para ele, não vai faltar luta e empenho de todos por mais uma chance na última rodada.

- O nosso espírito é de muita luta, determinação e comprometimento. Independetemente do que acontecer hoje nós vamos entrar em campo para fazer o nosso melhor. O Botafogo merece respeito pelo peso que tem e tenho certeza que todos estão comprometidos - acredita Maikon.

Na sua primeira oportunidade num time grande, Maikon tem como desafio segurar a ansiedade para conseguir fazer o que sabe de melhor: gols.

- Minha maior característica durante os jogos é estar muito concentrado na hora da finalização. Amanhã vou fazer o máximo para que isso funcione. Tem que segurar a ansiedade - finalizou.

Marcos Silva