notícia

Pegada Firme

Sub-17 derrota Volta Redonda e assume a liderança da Taça Rio; Sub-15 vence de virada
Atualizado em 15-10-2014, 21:30

Em mais uma tarde ensolarada em Várzea das Moças, o Botafogo derrotou nesta quarta o Volta Redonda em duas categorias pela Taça Rio. A equipe Sub-17 alvinegra derrotou o adversário por 3 a 1 e se tornou líder da competição. Luis Henrique(2) e Lima anotaram os gols alvinegros. Na partida seguinte, o Sub-15 derrotou o Voltaço de virada por 2 a 1 em um jogo cheio de emoções. Os gols da equipe foram marcados por Willian e Enrico.

Ambas as equipes na próxima rodada enfrentam o Friburguense, em Nova Friburgo, já no sábado.

Como de costume, o presidente do Botafogo Mauricio Assumpção dedicou sua tarde a base do clube e acompanhou as vitórias dos garotos alvinegros.

Em alto nível, sub-17 do Fogão bate Volta Redonda por 3 a 1 e chega a liderança da Taça Rio

O confronto colocou frente a frente duas equipes qualificadas, que brigam diretamente pela parte de cima da tabela. Sabendo disso, o treinador alvinegro Felipe Conceição pediu muita concentração e dedicação no início de jogo.

Sempre obediente, a equipe alvinegra seguiu os conselhos de seu comandante e começou impondo um ritmo muito forte. Com 1 minuto de jogo, o Botafogo abriu o placar. Luis Henrique recebeu lançamento em velocidade e a zaga não conseguiu afastar. O camisa 9 ajeitou o corpo e bateu colocado deslocando o goleiro. 1 a 0.

Aos 11, o Alvinegro ampliou. Rickson recuperou a bola no meio de campo e enfiou para Lima avançar em velocidade. O atacante invadiu a grande área e bateu na saída do arqueiro adversário. Sem chances! 2 a 0.

O time do Vale do Aço sentiu os golpes e não conseguiu reagir. O Fogão seguiu forte na pressão e chegou mais duas vezes com muito perigo. Lucas Campos driblou o goleiro e finalizou mas o zagueiro afastou em cima da linha aos 16. O atacante ainda acertou o pé da trave em um chute aos 28. Ao fim do primeiro tempo, Ion e Rickson ainda tiveram boas oportunidades de aumentar porém sem sucesso.

Na volta do intervalo, o Glorioso seguiu com a mesma postura de agredir o Voltaço. Aos 7, Luis ariscou um chute cruzado rasteiro mas parou no goleiro. Aos 9, Lyanco acertou um bomba no travessão em uma falta na entrada da área. Luis Henrique quase fez aos 19 após boa jogada de Lima.

Buscando se recuperar na partida, a boa equipe do Volta Redonda buscou seu gol em uma bola parada. Em falta alçada na área, o atacante adversário descontou de cabeça aos 30.

Porém, não deu nem tempo da equipe visitante comemorar. No minuto seguinte, Ion deu passe de calcanhar para Lima no meio, o camisa 7 achou belo passe para Luis Henrique dentro da área que dominou, bateu e correu para o abraço. 3 a 1 Fogão!

Após o gol, o Alvinegro apenas administrou o resultado com posse de bola e tranquilidade. Fim de jogo, mais uma vitória maiúscula dessa equipe, que com o tropeço do Vasco diante o Flamengo, assumiu a liderança isolada do torneio.

Botafogo: Victor; Cassiano, Kanu, Lyanco e Zyan; Matheus Fernandes(Átila), Rickson(Alison), Ion(Paulinho) e Lima(Mateus Jorge); Lucas Campos(Daniel) e Luis Henrique.
Técnico: Felipe Conceição

Em jogo emocionante, Sub-15 derrota Volta Redonda de virada por 2 a 1

Dentro de campo, duas equipes que postulam na briga pela parte alta da tabela. O resultado não poderia ser outro a não ser uma grande jogo de futebol.

O Glorioso precisando da vitória iniciou melhor e assustou logo aos 10 com Enrico. O camisa 7 arrancou pela esquerda, levou para o meio tirando dois marcadores e arriscou um bonito chute com curva mas o goleiro fez boa intervenção e salvou o Volta Redonda. Aos 15, Sanderson acertou uma cabeçada no travessão após um escanteio.

Mesmo sem ter o controle da partida quem abriu o placar foi a equipe visitante. O arbitro marcou pênalti discutível acusando que a bola havia batido na mão de um marcador alvinegro. O atacante adversário bateu e converteu. 1 a 0 eles.

Sem se abalar com o réves, o Botafogo foi para cima e deu um calor no rival. Pressionando de todos os jeitos, Wendell e Matheus Bastos desperdiçaram boas chances mas aos 36 Willian não bobeou. O lateral aproveitou o rebote do goleiro, após um lindo chute colocado de Erick de longe, para empatar a partida. 1 a 1.

Antes do intervalo, o Alvinegro ainda chegou com perigo Wendell de cabeça, exigindo grande reflexo do goleiro e na sequéncia com Guga em um chute de trivela de longe para fora.

Na segunda etapa, a pressão da equipe de Phelipe Leal prosseguiu. Aos 6, Wenddel acertou a trave. Aos 9, Erick arriscou da entrada da área mas parou no arqueiro. A virada veio no minuto seguinte, Willian puxou contra-ataque em velocidade e achou Enrico na esquerda. O capitão invadiu área, deixou o marcador no chão e bateu colocado fazendo um belo gol. Virada Alvinegra. 2 a 1 no placar.  

Aos 17, o Botafogo ficou com um homem a menos mas a equipe seguiu equilibrada e mesmo com essa desvantagem numérica continuou com as melhores ações ofensivas. Bruno Ribeiro, Erick e Magno ainda passaram perto de ampliar o placar em boas chegadas mas nada se alterou.

Apito Final. O Fogão vence uma partida importante para seguir na luta pela parte alta da tabela. Pra cima deles, garotada!

Botafogo: André; Willian, Michel, Sanderson e Pedrinho(Magno); Guga, Bruno Ribeiro, Enrico(Matheus Costa) e Erick; Matheus Bastos(Julio Cesar) e Wendell(Siqueira).
Técnico: Phelipe Leal

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS DAS PARTIDAS:




Fabio de Paula