notícia

Saldo Positivo

Em Caio Martins, Sub-15 e Sub-17 jogam bem e vencem o Macaé pela Taça Rio
Atualizado em 04-10-2014, 21:20

A tarde deste sábado foi de alegria para a garotada alvinegra no Estádio de Caio Martins. Pela Taça Rio, o Botafogo derrotou o Macaé em duas categorias. A equipe Sub-15 venceu por 3 a 2, com gols de Matheus Bastos, Erick e Caio Alexandre. Já o Sub-17 alvinegro jogou bem e venceu o adversário por 2 a 0. O camisa 9 Luis Henrique marcou os dois gols do time.

Com o resultado, as equipes seguem brigando na parte alta da tabela. O próximo compromisso de ambos os times será o Bangu, no próximo sábado, em Piranema.

Em jogo disputado, Sub-15 do Fogão derrota o Macaé por 3 a 2 na Taça Rio

Já garantido na final do campeonato, o Sub-15 alvinegro segue brigando jogo a jogo por um lugar no G4 bastante disputado da Taça Rio. Na partida de hoje, um adversário disposto a dificultar as ações alvinegras mas com muita vontade de vencer, o Glorioso foi para cima.

Pressionando o Macaé, o primeiro gol do Botafogo na partida saiu cedo. Aos 15, Matheus Bastos, jovem atacante que enfrentava seu ex-clube abriu o placar. Vale ressaltar a maturidade do menino, que na semana passada sofreu a perda de sua irmã de 7 anos e hoje fez questão de estar em campo.

Já com controle do jogo, o alvinegro seguiu apertando o adversário e ampliou com Erick aos 20. O meia acertou um belo chute de fora da área e saiu para comemorar. 2 a 0 no placar. Durante o resto da primeira etapa, o Glorioso foi sempre melhor e chegou em 4 chances perigosas porém sem sucesso.

Na volta do intervalo, a equipe adversária conseguiu acionar uma marcação baixa e se aproveitou dos contra-ataques. Em duas transições ofensivas rápidas, o Macaé foi eficiente e conseguiu empatar o jogo.

O técnico Phelipe Leal fez algumas alterações e concentrou as ações no campo de ataque. O efeito foi positivo. Aos 35, Erick arriscou novamente um lindo chute de longe, dessa vez o goleiro pegou mas deu rebote. Caio Alexandre apareceu para completar e fazer 3 a 2.

Após isso, o Alvinegro apenas administrou os últimos minutos retendo bem a posse de bola. Fim de jogo, com mais três pontos importantes somados na briga pelo G4.

Botafogo: José Antônio; Willian, Sanderson, Diego e Guga; Pedro Henrique, Magno, Enrico e Erick; Matheus Bastos e Pedro Augusto.
Suplentes: André, Cayo, Michel, Caio Alexandre, Pedrão, Siqueira, Matheus Costa, Monteiro, Nycholas e Tharsis.
Técnco: Phelipe Leal.

Com tranquilidade, Sub-17 do Fogão vence o Macaé por 2 a 0 e continua no G4 da Taça Rio

Disposto a manter o futebol de alto nível apresentado até agora na competição, o Glorioso veio a campo com uma pegada forte e com o objetivo de não deixar o adversário jogar.

Aplicando a sua estratégia característica, o time utilizou a marcação pressão na saída de bola para dificultar a vida do adversário desde o início de partida. Se aproveitando disso, a equipe chegou ao primeiro gol antes da parada técnica. Luis Henrique sofreu falta dentro da área e árbitro assinalou pênalti. O próprio camisa 9 foi para cobrança e com categoria guardou. 1 a 0 Fogão.

Já com o controle das ações do jogo, o Glorioso seguiu criando muitas oportunidades mas não conseguiu concretizar as chances de gol. O placar só foi

ampliado no fim da primeira etapa. Luis Henrique, destaque da partida, fez boa jogada individual pelo meio e conduziu a bola até a saída do goleiro. O atacante com um toque de categoria tirou a bola do arqueiro e anotou seu segundo no jogo. 2 a 0 Fogão.

Na segunda etapa, o Glorioso voltou com mais de cautela e criando menos oportunidades. Porém, o time alvinegro demonstrou maturidade ao administrar bem a vantagem no placar mantendo o controle da partida. O goleiro alvinegro Victor, praticamente não trabalhou e o resultado seguiu positivo.

O treinador Felipe Conceição, fez todas as substituições possíveis para dar minutos de jogos para todos os atletas do elenco.

Apito final. Vitória com tranquilidade mas de grande importância na briga pelo topo da tabela. O Alvinegro está na vice-liderança apenas um ponto atrás do primeiro colocado.

Botafogo: Victor; Cassiano(Daniel), Kanu, Lyanco e Zyan; Matheus Fernandes(Átila), Ion(Felipe), Rickson e Mateus Jorge; Lima(Lucas Campos) e Luis Henrique(Rodrigo).
Técnico: Felipe Conceição

Fabio de Paula