notícia

Hora de apoiar

Mancini valoriza volta ao Maraca e espera apoio da torcida em sequência de jogos
Atualizado em 22-08-2014, 16h52

Após duas rodadas distantes do Rio de Janeiro, o Botafogo voltará ao Maracanã no sábado, diante da Chapecoense, em partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. No duelo de sábado o Glorioso inicia uma sequência de três jogos em apenas uma semana, todos no Maracanã. Após a Chapecoense, o Alvinegro enfrentará o Ceará, quarta-feira, pela Copa do Brasil e o Santos, domingo, no Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva, o treinador Vagner Mancini reforçou a sequência de jogos próximo do torcedor e projeta o primeiro resultado positivo já contra a Chapecoense. Mancini também comentou sobre a oscilação da equipe no campeonato e o pontos necessários para evoluir na competição nacional. Confira os principais trechos:

SEQUÊNCIA NO MARACANÃ

- É importante voltar a jogar no Maracanã, com o apoio do torcedor. A diretoria abaixou o preço e nós esperamos que o nosso torcedor compareça e incentive. O momento do Botafogo ainda é de oscilação de resultados, nem tanto pelo aspecto de jogo, mas muitas vezes a equipe não tem força para decidir as partidas. Nós precisamos ter uma leitura de jogo perfeita diante de um adversário que tem sido forte contra os cariocas e vem incomodando muitos fora de casa.

JOGOS CONTRA FLUMINENSE E FIGUEIRENSE
- Diante do Fluminense a equipe se comportou de maneira eficaz, soube marcar e atacar. No jogo contra o Figueirense, a mesma equipe não teve uma boa leitura do jogo. Não há razão para ficar mudando agora. Sabemos que esse time não pode ser considerado como o time ideal do Botafogo, mas é o que vou utilizar neste momento e quero dar confiança para o time jogar junto mais vezes.

AMBIENTE DO GRUPO
- Jogar com um ambiente favorável acaba te impulsionando para alcançar vitórias importantes. Sempre tivemos um bom ambiente dentro do Botafogo e fatores externos acabaram atrapalhando nos resultados em alguns momentos. Felizmente seguimos vivos até aqui. Temos três jogos em casa e contamos com o apoio do torcedor para alcançar bons resultados -

OSCILAÇÃO NAS PARTIDAS
- É um problema geral. Muitas equipes passam por oscilações. É um problema do futebol Brasileiro. Um time maduro absorve todo esse ambiente e consegue render sempre. Essa oscilação do Botafogo acontece devido as alterações que eu tive que fazer muitas vezes na equipe e estou tentando manter o time para alcançar um padrão. O Botafogo tem que mostrar ao seu torcedor que vai entrar na partida para vencer.

ANDRÉ BAHIA NO TIME PRINCIPAL
- Na verdade, não estou abrindo mão do Dória. Sentei com ele e expliquei que ao longo do percurso ele terá oscilações. Eu fiz o retorno do Dória quando voltou da seleção e agora ele saiu da equipe. Serve para mostrar para um jovem atleta que isso acontece na carreira de qualquer um. São reciclagens que todo atleta tem que fazer e todos são importantes dentro de cada fase do processo. O Dória entendeu, tem se dedicado ainda mais nos treinamentos e sabe que isso faz bem para a carreira dele.

POSTURA NOS JOGOS
- Em primeiro lugar, a tônica é que temos um alto rendimento contra grandes equipes e, diante de outras, o Botafogo tem tido problemas. Nós temos que aprender a jogar contra times que vão atuar fechados. A chapecoense é um caso assim e há a necessidade de aprender a jogar. Não adianta ficar jogando a bola de um lado para o outro, tem que ter aquele fator individual para decididr. Diante do Figueirense nós martelamos o jogo inteiro da mesma forma e vamos focar para mudar isso.

CHAPECOENSE
- A chapecoense tem um sistema de jogo que utiliza muito a bola parada e a força física. Sem a posse de bola eles se defendem bem e é um time que, fora de casa, joga na espera, tentando atuar no erro do adversário. O Botafogo vai ter que superar tudo isso e não terá como ganhar o jogo esperando um lance de sorte. Temos que decidir.

BRASILEIRO E COPA DO BRASIL
- O Botafogo não tem o direito de escolher competição, tem que entrar em todos os jogos pelo prato de comida do dia seguinte. Temos que entrar em campo como se fosse final de campeonato.

FERREYRA
- O Tanque tem uma forma de jogo que acaba aliviando o sistema defensivo. Embora não seja de velocidade, compensa com outras coisas. O Ferreyra tem um jogo aéreo muito importante defensivamente e ofensivamente, que possibilita mais jogadores dentro da área.

ZONA DE REBAIXAMENTO
- Não me preocupa. Tenho muita confiança no que está sendo feito e tenho certeza que o Botafogo daqui a pouco vai dar uma esticada. A diferença de pontos está pequena e essa oscilação no campeonato acontece .

Confira a galeria de fotos do treino desta sexta-feira nas imagens de Vítor Silva /SSPress!


Marcos Silva