notícia

Botafogo 2 x 0 Fluminense

Em segundo tempo arrasador, Fogão vence e sobe para a 12ª colocação no Brasileirão
Atualizado em 17-08-2014, 20:28

 


O Botafogo entrou para o clássico pressionado, desfalcado e respondeu com gols. Diante do Fluminense, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, o Glorioso venceu por 2 a 0 com os tentos de Daniel e Zeballos, todos no segundo tempo. Com o resultado, o Fogão deixou a zona de rebaixamento e ocupa agora a 12ª colocação no Campeonato Brasileiro.

Após o clássico o Botafogo não voltará ao Rio de Janeiro. A equipe treinará na manhã de segunda-feira em Brasília e, na terça-feira, seguirá para o CT do Avaí, em Florianópolis, para finalizar a preparação. Na quarta-feira, o Glorioso enfrentará o Figueirense, às 19h30, no Estádio Orlando Scarpelli, em partida válida pela 16ª rodada.

O JOGO


No "Clássico Vovô", o Botafogo começou melhor. Com vontade, o Glorioso criou oportunidades e finalizou mais vezes ao gol. Vagner Mancini optou por Tanque Ferreyra no ataque e deu mais liberdade para Daniel e Zeballos. Aos 8, Tanque chutou de fora da área, mas não acertou o alvo.

Nas laterais, o segredo para um time mais veloz. Edilson e Junior Cesar, principalmente, deram mais velocidade ao jogo alvinegro. Aos 30, Edilson emendou uma bomba de fora da área e Cavalieri só observou o perigo próximo ao ângulo direito.

Jefferson quase não teve trabalho e, quando solicitado, foi preciso. No clássico corrido e de jogadas ríspidas, um lance de bola parada poderia ser um ingrediente a mais. Aos 35, Ramírez armou o chute da entrada da área, mas recebeu dura falta de Bruno. Na cobrança, Edilson bateu rasteiro com violência e viu a chance raspar a trave de Cavalieri.

No segundo tempo, um jogo mais aberto e com um início de pressão alvinegra. Logo no primeiro minuto, Ramírez deixou Gabriel diante do goleiro tricolor. O chute saiu no canto e Cavalieri se esticou para salvar o Fluminense.

Aos 3, Gabriel tabelou com Daniel e bateu fraco a boa chance de gol. O Fluminense respondeu logo em seguida, aos 9, mas Carlinhos exagerou na dose e isolou o chute dentro da área.

O Fluminense mudou o time e colocou Walter em campo, deixando a equipe mais ofensiva. O Botafogo respondeu com gols. Aos 19, Zeballos deu passe para Daniel, que driblou Henrique e acertou o ângulo de Cavalieri. Lindo gol! BOTAFOGO 1 x 0.

Animado com o gol, o Glorioso não tirou o pé. Logo aos 22, Tanque Ferreyra saiu da área para servir Zeballos, que deslocou Cavalieri e balançou a rede. Gol do paraguaio e 2 a 0 BOTAFOGO!

Com os gols, o Fluminense iniciou uma tentativa de amenizar os danos. Quando chegou, encontrou Jefferson goleiro de seleção brasileira, pronto para impedir uma reação.

Aos 41, o árbitro marcou pênalti de Julio Cesar em Rafael Sóbis. Fred bateu para fora e encerrou a última chance do Fluminense na partida. Resultado fundamental para o Botafogo, que entrou na partida na 19ª colocação e encerrou o clássico em 12º no Campeonato Brasileiro.

Botafogo: Jefferson; Edilson, Bolívar, André Bahia e Junior Cesar (Julio Cesar); Airton, Gabriel, Daniel (Rogério), Ramíirez e Zeballos; Ferreyra (Bolatti).
Treinador: Vagner Mancini.

Marcos Silva