notícia

Fogão classificado!

Botafogo supera o Náutico nos pênaltis com Gatito como herói!
Atualizado em 19-02-2020, 23:50

 
 

Valeu, Fogão! Com emoção e brilhantismo de Gatito Fernández nos pênaltis, o Botafogo superou o Náutico nos Aflitos nesta quarta-feira e avançou para a terceira fase da Copa do Brasil! O placar foi 1 a 1 no tempo normal e 4 a 3 nos pênaltis, com Gatito pegando duas cobranças!

O adversário na próxima fase será Paraná ou Fluminense de Feira de Santana. Antes, o Botafogo volta o foco para a Taça Rio, na qual estreia dia 1º de março, às 19h, contra o Boavista, no Estádio Nilton Santos.

O JOGO

Desde o início deu para notar que a partida seria dura, para os dois lados. O Náutico começou melhor, em cima, assuntando com Matheus Carvalho e Rhaldney, mas Gatito fez boas defesas. Aos 10 minutos, Bruno Nazário quase marcou em chute de longe, Jefferson espalmou.

O Botafogo teve uma grande oportunidade aos 17, após cruzamento de Bruno Nazário que Danilo Barcelos não conseguiu concluir no gol. Aos 34, Cícero chutou cruzado para fora.

Quando o jogo estava equilibrado, o Náutico encontrou seu gol, com um chute forte de Jean Carlos, aos 43. No minuto seguinte, o meia bateu de fora da área e Gatito fez grande defesa.

Na etapa final, precisando pelo menos empatar, o Botafogo voltou com Pedro Raul. O Náutico amarrou o jogo, ganhou tempo e ameaçou com Jean Carlos, mas Gatito estava atento.

Quando fez boa trama, o Botafogo empatou. Aos 27, Alex Santana arrancou pelo meio, Luiz Fernando cruzou de esquerda e Bruno Nazário marcou de cabeça! Náutico 1 x 1 Botafogo!

O Náutico teve duas boas chances, Jorge Henrique furou uma e Erick parou em grande defesa de Gatito, aos 37, mas a definição ficou para os pênaltis.

Pedro Raul, Alex Santana, Bruno Nazário e Danilo Barcelos converteram para o Fogão, Ronaldo Alves e Paiva pararam em Gatito e a classificação ficou com o Glorioso!

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / Botafogo)

Náutico x Botafogo - 19/02/2020  

BOTAFOGO: Gatito, Barrandeguy, Marcelo Benevenuto, Ruan Renato e Guilherme Santos (Luiz Fernando); Thiaguinho, Alex Santana, Luis Henrique (Warley), Bruno Nazário e Danilo Barcelos; Cícero (Pedro Raul). Técnico: Paulo Autuori.

Danilo Santos