notícia

Título marcante

Capitão e artilheiro do time falam sobre conquista heroica na Taça GB Sub-15
Atualizado em 15-08-2014, 15:30

No último sábado, o Botafogo se sagrou campeão da Taça Guanabara Sub-15 em cima do Vasco da Gama, no CT de Itaguaí. Em um jogo repleto de emoções, o Glorioso empatou a partida com um homem a menos e nos pênaltis conseguiu garantir o título com muita garra e jogando com o coração.

CONFIRA OS BASTIDORES DA CONQUISTA NA TV DO FOGÃO:

Sem duvidas, o destaque da equipe alvinegra na competição foi a força e a união do grupo para superar os momentos difíceis vividos durante os jogos decisivos.

Para representar a equipe campeã, o capitão alvinegro Enrico e o artilheiro do time na competição Bruno Ribeiro levaram a taça até a sala de troféus na sede de General Severiano e falaram sobre a emoção de ganhar o primeiro título com a camisa alvinegra.


Bruno Ribeiro e Enrico levaram a taça de campeão até a sala de troféus de General Severiano.

O jovem capitão Enrico que chegou ao Clube da Estrela Solitária em agosto do ano passado e em um ano já levantou seu primeiro caneco comentou sobre o grupo e o suporte recebido por todos no clube.

- É muito bom participar desse grupo. A união de todos é o ponto forte, a gente nunca desiste. Somos muito persistentes, trabalhamos muito e já passamos por dificuldades mas no final sempre vem a recompensa. Todo o trabalho da nossa coordenação, comissão e todos no clube foi excelente e nos ajudou dando o maior apoio possível - destacou Enrico.

Já o meia Bruno Ribeiro, que foi o artilheiro da equipe alvinegra na competição com 6 gols marcados, está no clube desde 2009 e atua pelo glorioso desde a categoria pré-mirim. Apesar de tanto de tempo de casa, este também foi o primeiro título do meia. Feliz, Bruno relembrou os momentos de tensão do decisivo jogo final contra o Vasco e o gol que levou a partida para os pênaltis.

- Foi emoção pura. Quando a gente perdeu o André. O Enrico juntou todo mundo e pediu que todos corressem um pelo outro para conseguirmos o empate. Foi o que aconteceu, lutamos muito dentro de campo e mesmo em desvantagem fomos para cima. Quando o Enrico sofreu o pênalti, fui para a cobrança confiante, tinha treinado bem e consegui fazer o gol que nos levou para os pênaltis - disse o meia artilheiro.

ESTRELAS NO GOL

Como exemplo de que todos do elenco estavam bem preparados para a final e dispostos a ajudar uns aos outros pode-se destacar os goleiros alvinegros que foram peças fundamentais para a conquista do torneio.

O jovem arqueiro André que acabou sendo expulso após salvar o Glorioso de tomar o segundo gol em um lance crucial foi um dos destaques da equipe durante toda a competição com partidas heroicas. Porém, nas penalidades brilhou a estrela do goleiro Julio César, que substituiu André a altura e defendeu dois pênaltis garantindo assim o título para o Botafogo.


Goleiros alvinegros André e Júlio César tiveram participações importantes no título da equipe Sub-15.

PREPARAÇÃO PARA A TAÇA RIO

Comandados por Phelipe Leal, a equipe Sub-15 do Fogão não teve muito tempo para comemorar. A atenção já está voltada para o segundo turno da competição. A Taça Rio já começa neste domingo e o Botafogo enfrenta o Madureira, às 9h, em Conselheiro Galvão. Para manter o foco e buscar a continuação do trabalho vitorioso até aqui, Phelipe destacou a conversa que teve com o grupo.

- Na nossa reapresentação após o título, fizemos uma reunião com os atletas que foi pautada na necessidade de continuidade, principalmente nos níveis de concentração. Deixando claro que nossos objetivos apontam para a sequência do ano - explicou o treinador.


Equipe campeã da Taça Guanabara Sub-15

Fabio de Paula