notícia

Nova perspectiva

Após assegurar permanência na Série A, Fogão viaja por Sul-Americana diante do Galo
Atualizado em 03-12-2019, 12:38

O Botafogo está garantido na Série A em 2020, mas a temporada ainda não acabou para o Alvinegro, que segue firme na briga por uma vaga na Copa Sul-Americana. A equipe de Alberto Valentim ocupa a 14ª posição e terá diante do Atlético Mineiro, quarta-feira, no Mineirão, um confronto direto para ficar bem mais perto do objetivo. Em entrevista coletiva, os laterais Yuri e Marcinho falaram sobre a preparação para a partida e tudo que envolve o jogo diante dos mineiros. 

- A nossa postura é de um jogo como se fosse uma final, maior determinação possível. Garra, força e determinação. Não podemos perder isso. O jogo é como se fosse o jogo da nossa vida, a cabeça não vai mudar. Vale muito. Isso traz dinheiro e é importante para o clube. Importante para a torcida ter pelo que brigar. É de bastante valor uma boa classificação e almejar coisas maiores - disse Marcinho. 

Yuri também destacou a importância das duas últimas rodadas para o Alvinegro, principalmente o próximo desafio, quarta-feira, no Mineirão. O jogador também falou sobre sua crescente durante a temporada que teve oportunidades no Alvinegro.

- Importantíssimo para nós e para clube, principalmente. Também para a torcida, que nos apoiou esses jogos em casa. Um clube que estava brigando para não cair, terminar o ano na Sul-Americana é para exaltar. Um presente para a torcida e para nós. Também não esperava terminar o ano assim. As pessoas te veem agora e acham que você é isso. Ninguém lembrava de mim quando eu estava treinando atrás do gol. Eu não era ninguém até agosto. Vinha fazendo meu melhor, e a oportunidade apareceu. Eu tinha que estar pronto, e as coisas começaram a aparecer. Sobre a renovação eu procuro não pensar nisso, só dar meu melhor - falou. 

Entrevista Coletiva - 03/12/2019

Assessoria de Imprensa