notícia

Botafogo 3 x 1 Goiás

Fogão se impõe no Estádio Nilton Santos, vence e vai a 30 pontos no Brasileirão
Atualizado em 09-10-2019, 21:20

 
 

Deu Fogão! Com boa atuação coletiva, o Botafogo venceu o Goiás por 3 a 1, nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, e chegou a 30 pontos no Campeonato Brasileiro. Gabriel, João Paulo e Leo Valencia fizeram os gols alvinegros!

O próximo adversário é o Palmeiras, sábado, no Pacaembu.

O JOGO

O Botafogo mostrou desde o início postura, determinação e ofensividade. Disposto a conquistar os três pontos, o time foi superior durante o jogo inteiro e fez por mercer a vitória. 

No início, um susto, com chute de Michael desviado, que passou perto. Outro lance perigoso foi cobrança em dois toques dentro da área, mas Rafael Vaz acertou a barreira.

Do outro lado, o Fogão passava a construir bons lances e se aproximar do gol. Diego Souza e Luiz Fernando levaram perigo, Bochecha obrigou Tadeu a fazer grande defesa. Aos 31, Gabriel abriu o placar! Após cruzamento de João Paulo, Marcelo desviou e o zagueiro completou para a rede. Botafogo 1 x 0 Goiás

Ainda teve mais duas boas oportunidades no primeiro tempo. Aos 39, Fernando de cabeça mandou na trave. Aos 41, Cícero teve gol anulado por impedimento.

Na etapa final, o Fogão voltou em blitz, quase marcando com Diego Souza de cabeça, em boa defesa do goleiro. O Goiás ameaçou em dois gols bem anulados: Rafael Moura, por empurrão em Marcelo, e Michael, por toque de Marlone com a mão.

Em bom contra-ataque, foi o Botafogo que marcou! Diego Souza deu bom passe, Bochecha driblou e finalizou, Tadeu espalmou e João Paulo completou de cabeça! Botafogo 2 x 0 Goiás!

O adversário até diminuiu, com gol de Michael aos 30, mas a noite era mesmo alvinegro. Aos 35, Cícero cruzou, Diego Souza cabeceou, Rodrigo Pimpão ajeitou para o meio e Leo Valencia fechou o placar! Botafogo 3 x 1 Goiás!

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / Botafogo)

Botafogo x Goiás - 09/10/2019  

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Fernando, Marcelo, Gabriel e Yuri (Lucas Barros); Cícero (Alan Santos), João Paulo e Bochecha; Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando (Leo Valencia) e Diego Souza. Técnico: Bruno Lazaroni.

Danilo Santos