notícia

Pelo bem geral

Com foco no campo e dedicação por funcionários, Diego Souza dá resposta com gols
Atualizado em 11-09-2019, 16:35

Meia durante toda a carreira e atual camisa 9, Diego Souza chegou ao Botafogo assumindo responsabilidades, buscando o crescimento do time e com a missão de balançar as redes. Nos últimos dois jogos, diante de Internacional e Atlético Mineiro, Souza marcou duas vezes e chegou aos cinco gols no Campeonato Brasileiro, sendo o artilheiro da equipe ao lado do volante goleador Alex Santana. Ciente das dificuldades que o clube atravessa, Diego se posicionou, mas também destacou a importância de mudar o clima em relação ao Botafogo e também ressaltar as conquistas, como a vitória em casa pela última rodada.

- É bom estar falando sobre futebol e não sobre salários e outras coisas. Não somos as pessoas certas para falar disso e ficamos numa situação desconfortável. Ganhamos de uma equipe que está praticamente no G-4 e fica difícil vir aqui e dar mérito para outras coisas. Fica difícil até de responder. Independentemente de tudo trabalho para ser feliz no domingo e na quarta-feira - disse Diego.

O jogador também reforçou o comprometimento do elenco no Campeonato Brasileiro, principalmente pelos funcionários do clube. O momento é de união para seguir crescendo na competição. O Alvinegro ocupa a 10ª colocação com 26 pontos somados.

- Ainda não tivemos um posicionamento, mas acreditamos nas pessoas que comandam o futebol e que estão no dia a dia com a gente. Sabemos das dificuldades, que não é normal, mas vamos continuar trabalhando forte. Isso não vai mudar nada para nós, só que em questão de todos os funcionários que não tem essa força... Vamos fazer por eles e a greve continua sim, não podemos achar normal o que acontece - falou.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Diego Souza:

ELOGIOS AO FUTEBOL DE MARCINHO

- O Marcinho é um profissional dedicado, com uma saúde que Deus deu a ele que pode jogar em qualquer função que vai ajudar bastante. No jogo procuramos mais orientar e avisar algumas situações. E estar perto um do outro, assim as coisas acontecem.

CONFIANÇA EM ANDERSON BARROS

- A gente só pode falar do Anderson aqui, é o cara que está diretamente com a gente. O que o Anderson tem de bom é a verdade, ele nunca conta história. Ou vai acontecer ou, se não acontecer, não vai ter ilusão. Sempre com uma conversa direta e franca e isso faz a gente ter total confiança nele, assim como ele na gente.

PODE CONTAR

- Sempre fui meia, mas hoje sou um 9 e tenho me adaptado bastante e trabalhado para isso. Acho que não vou ter dificuldade nenhuma se o Barroca precisar e estou sempre disposto a ajudar.  

RELAÇÃO COM BARROCA

- É a melhor possível. Um cara totalmente do bem e não tem discussão. Ele é o treinador, o comando final é dele e tento expor o que eu penso na parte da frente. Conversar bastante para as coisas darem certo. Queremos ser felizes juntos, por isso conversamos mais, mas a decisão final é sempre dele.

DOIS GOLS EM DOIS JOGOS

- Espero continuar fazendo gols e todos nós queremos três pontos e vitórias para colocar o Botafogo no lugar mais alto possível.

NA COLA DO ETERNO PAULO BAIER

- Fico feliz por essa marca. Sou o terceiro hoje, mas vou me tornar o segundo. O Paulo Baier já parou de jogar, foi um grande jogador e construiu sua história. Fico feliz por poder marcar tantos gols em um campeonato difícil como o campeonato brasileiro. Fazer o máximo possível para encostar no Fred. Quero fazer meus gols, ajudar da melhor maneira. Acho que não tem hoje como encostar no Fred, um cara que sempre foi atacante, um artilheiro nato. Acho difícil, ele sempre faz uns gols.

SEJA SÓCIO SOU BOTAFOGO! CLIQUE AQUI!

Assessoria de Imprensa