notícia

Momento de reagir

Mancini cita força do rival, mas quer Botafogo convicto para vencer o Cruzeiro
Atualizado em 01-08-2014, 11:37

Diante do Cruzeiro, sábado no Maracanã, o Botafogo tem a oportunidade de reencontrar o caminho da vitória. A equipe treinou pela última na manhã deste sábado, no Stadium Rio. Poupado do recreativo, Emerson Sheik não foi ao campo, mas não é dúvida para o jogo. Após cumprir suspensão automática, o lateral-esquerdo Junior Cesar volta ao time. Recém-contratado, o atacante Rogério está regularizado e será titular.

Na 13ª colocação, com 12 pontos somados, o Alvinegro terá o líder Cruzeiro pela frente. Com o foco voltado para a recuperação do time no Campeonato Brasileiro, o treinador Vagner Mancini concedeu entrevista coletiva e falou sobre sua expectativa para o jogo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

- O Botafogo vai ter que fazer o jogo da vida. Dificilmente vamos ver o Cruzeiro jogando abaixo dos últimos jogos. Entram com muita confiança em campo e oscilam pouco. O Botafogo não pode entrar em campo muito espaçado e cada um dos atletas tem que entrar em campo altamente concentrados para fazer um grande futebol - analisou Mancini.

Com mais uma opção no ataque - Rogério, recém-contratado - o treinador Vagner Mancini conta com Yuri Mamute, Emerson Sheik, Ferreyra e Wallyson, além do meia-atacante Zeballos, que também é utilizado no setor. Mancini falou sobre as opções ofensivas e confirmou Rogério no time que inicia o jogo contra o Cruzeiro.

- Ele está confirmado na escalação. O Rogério tem uma maneira de jogar um pouco diferente. É um atleta de força, velocidade e que ajuda a recompor a marcação. Pode dar uma assistência ao Emerson e não sobrecarregá-lo no jogo. Espero que ele possa render o futebol que ele jogou no Náutico, e muito bem. Nós temos o Wallyson, o Mamute e essas opções te proporcionam um leque maior para usar um ou outro, dependendo das estratégias que forem montadas - falou o treinador.

Diante do Flamengo, o Botafogo teve uma melhora considerável no segundo tempo. Em cima dessa evolução, o treinador Vagner Mancini espera que o Alvinegro aproveite a partida contra o Cruzeiro para buscar a reação e subir no Campeonato Brasileiro.

- Na semana passada falei para os meus atletas que o Flamengo usaria o Botafogo como uma alavanca para reagir e nós temos que fazer isso no momento. Será bom para o nosso ambiente e para somar pontos no campeonato. Espero que seja o Botafogo do segundo tempo contra o Flamengo, que colocou a bola no chão e jogou. Acabou tomando um gol no momento importante da partida e teve que se reinventar. A gente não pode entrar num jogo desse - contra o Cruzeiro - pensando em somente espelhar a marcação e não jogar. Existe o momento da marcação, de esfriar o jogo, e também o momento de jogar futebol e temos que ter qualidade - espera o treinador.

No fim da atividade, um grupo de torcedores compareceu ao Stadium Rio com faixas de apoio ao elenco. Mancini agradeceu o carinho dos torcedores e espera que os problemas sejam solucionados o mais rápido possível.

- Não tenha dúvida que isso faz com que tenhamos um fôlego maior. Qualquer manifestação de apoio acaba confortando funcionários e jogadores que passam por essa situação e isso é bom. Espero que o apoio não pare e que o clube resolva o problema. Que chegue a solução e tudo volte ao normal - encerrou Mancini.

Marcos Silva