notícia

Sonho de criança

Igor Rabello fala sobre ida à seleção brasileira Sub-20 e desejo de brilhar no Botafogo
Atualizado em 25-07-2014, 10:25

No Botafogo desde a equipe juvenil, o zagueiro Igor Rabello vive um momento especial no início da sua caminhada no futebol. Campeão Carioca Sub-20 em 2014, Rabello está presente na lista de 22 jogadores convocados para a seleção brasileira Sub-20 que disputará o Torneio de COTIF, em Valência, na Espanha.

Aos 19 anos, Rabello cresceu nos últimos anos e coleciona conquistas. Ainda pela equipe juvenil, em 2012, foi campeão do Torneio Guilherme Embry, diante do Fluminense, em vitória antecipada pela conquista dos dois turnos. O jovem subiu para o elenco Sub-20 e as conquistas aumentaram com os títulos do Torneio OPG(2013) e o Campeonato Carioca(2014).

Rabello_mont
Linha do tempo: Rabello nos títulos da Guilherme Emby, Torneio OPG e Carioca 2014. Maior vítima é o Fluminense

Feliz com o momento em que vive na carreira, Rabello falou sobre sua trajetória no clube e conquistas no clube. Entre as maiores emoções, o jovem lembrou com carinho da conquista do Torneio OPG de 2013, diante do Flamengo, na Gávea.

"Tive bons momentos no Botafogo desde que eu cheguei. No começa estava um pouco assustado, não sabia se iam me receber bem. Fui bem recebido por tudos, tive oportunidades no juvenil e conquistei a Guilherme Embry sobre o Fluminense. No Sub-20 eu iniciei o trabalho com o Eduardo Húngaro e fiz parte daquele trabalho excepcional no título do Torneio OPG sobre o Flamengo, na Gávea. Esse ano, já com o Mauricinho(treinador), conseguimos o título Carioca, que foi marcante para todos nós", contou Rabello.

Convocado pela primeira vez para a seleção brasileira Sub-20, Rabello não escondeu a felicidade em poder representar o país no exterior. O jovem contou sua reação no momento na convocação e trata a oportunidade como um sonho de criança realizado.

"É a primeira vez que vou para a seleção brasileira e é uma sensação inexplicável. Quando eu recebi a notícia eu não acreditei, fiquei nervoso, mas sei que é fruto do trabalho. Lutei bastante, passei várias dificuldades e agora consegui ser convocado, um sonho desde criança", contou Rabello.

Com uma longa trajetória pela frente, Rabello já tem seu exemplo no Botafogo, o zagueiro Dória. Inspirado pela crescente do camisa 21 em General Severiano, Rabello espera no mínimo repetir os feitos do atleta e vê nos zagueiros experientes do profissional um espelho dentro do clube.

"Eu me espelho neles. Não só no Dória, mas no Bolívar e no André Bahia também, que são mais experientes. Miro no Dória, vejo o que ele conquistou e quero no mínimo o mesmo. Seleção Brasileira, titular absoluto no profissional e vive despertando o interesse de outros clubes, é um grande jogador", ressaltou o zagueiro de 19 anos.

Ainda desconhecido pela torcida alvinegra, Rabello garante empenho e bons jogos para chegar ao profissional e impressionar. O jovem deixou um recado ao torcedor botafoguense e espera dar muitas alegrias no clube.

"Queria mandar um abraço para todos os botafoguenses e dizer para eles que ainda vão ouvir muito o meu nome. Minha meta é subir para o profissional, mostrar um bom futebol e dar muitas alegrias para eles", finalizou.

Marcos Silva