notícia

Presente ideal

Aniversariante, Edilson quer a vitória contra o Flamengo para coroar retorno ao time
Atualizado em 24-07-2014, 19:07

Em campo pela última vez no jogo contra o Corinthians, em jogo válido pela 9ª rodada, Edilson está novamente à disposição do treinador Vagner Mancini. O lateral-direito de ofício cumpriu suspensão diante de Sport e Coritiba e está liberado para o jogo contra o Flamengo, domingo, no Maracanã. Aniversariante no dia do clássico - completará 28 anos - Edilson falou sobre o retornou ao time e vê uma vitória como importante para emplacar uma sequência no Brasileirão.

"Estou feliz pela minha volta. Com aquela vontade de atuar novamente, ainda mais no clássico e a expectativa sempre é uma das melhores. Nosso grupo vem crescendo jogo a jogo e esperamos ter uma boa atuação diante do Flamengo", comentou Edilson.

Edilson completará 28 anos no dia do clássico contra o Flamengo e quer a vitória como presente. O camisa 33 prefere não olhar para o momento do rival no Campeonato Brasileiro e diz que o Botafogo precisa focar na sua situação. Edilson minimizou quando perguntado sobre sua relação com o treinador Vanderlei Luxemburgo, com quem trabalhou no Grêmio, e garante que sua motivação independe de quem esteja do outro lado do campo.

"Não me preocupa nenhum pouco o que rola do outro lado. Minha preocupação é o que acontece com o Botafogo e eles que se virem do lado deles. Certamente será um jogo bem complicado, independente da situação do rival. Com ou sem Vanderlei Luxemburgo, minha motivação no clássico será a mesma. Vou dar a vida e com certeza um pouco a mais. Será meu aniversário e vou querer essa vitória", enfatizou o camisa 33.

Lateral-direito de ofício, Edilson tem sido utilizado no meio-campo pelo treinador Vagner Mancini e garante que está adaptado. Sem querer antecipar os planos do comandante, o jogador garante empenho total independente do seu posicionamento em campo.

"Minha posição de origem é a lateral. Me sinto mais à vontade, mas eu falei que me adaptaria melhor durante o período de treinamento. Onde o professor me colocar eu vou me adaptar da melhor forma possível. Até eu estou com dúvida no que ele vai fazer. O grupo está todo à diposição e essa dor de cabeça todo treinador quer. O leque está aberto para ele escolher as melhores opções para o domingo e quem entrar vai dar o seu melhor. Todos vão querer a vitória", disse Edilson.

Confira a galeria de fotos do treino desta quinta-feira nas imagens de Satiro Sodré/SSPress!


Marcos Silva