notícia

Botafogo 0 x 0 Santos

Arbitragem anula gol legal no fim, Glorioso empata e vai a 21 pontos
Atualizado em 04-08-2018, 18h00

 

 
 

Empate com sabor amargo. Apesar da boa atuação, a vitória não veio porque a arbitragem anulou gol de Renatinho aos 40 minutos do segundo tempo. Assim, o Botafogo empatou em 0 a 0 com o Santos, neste sábado, no Estádio Nilton Santos, e chegou a 21 pontos no Campeonato Brasileiro.

O próximo adversário é o Paraná, domingo dia 12, na Vila Capanema.

O JOGO

Com Bruno Lazaroni como treinador interino, já que Zé Ricardo foi anunciado como novo técnico antes do jogo, o Botafogo se portou bem, fez primiro tempo forte e poderia ter saído em vantagem.

No início, é verdade que o Santos finalizou mais. Bruno Henrique, aos 5, bateu sem força, Gabigol chutou uma com perigo para fora, Dodô parou em Saulo, mas havia impedimento.

Porém, aos poucos, o Botafogo se acertou e começou a pressionar. Aos 23, Matheus Fernandes arriscou de longe, com desvio, e obrigou Vanderlei a espalmar. 

O fim do primeiro tempo foi o melhor momento do Glorioso. Aos 38, Pimpão cruzou na medida e Leo Valencia, na marca do pênalti, acertou a zaga. No lance seguinte, Kieza foi travado na pequena área e Luiz Fernando bateu rente à trave. Aos 40, Rodrigo Lindoso bateu de fora da área com perigo. 

Na etapa final, o Botafogo já chegou ameaçando, em cobrança de falta de Valencia, que Carli desviou e Rabello quase mandou para o gol. A bola saiu tirando tinta. Aos 12, Leo Valencia arriscou de longe e Vanderlei pegou. 

À espera de um contra-ataque, o Santos teve grande chance aos 15, quando Saulo espalmou finalização de Victor Ferraz e, após bola na trave, salvou o que seria gol de Yuri Alberto. 

O Botafogo voltou a fazer boa trama ofensiva aos 19, Valencia lançou, Luiz Fernando bateu para fora. Aos 28, Luiz foi no fundo e cruzou, Pimpão não conseguiu ajeitar. Aos 33, Kieza cabeceou para fora após cruzamento de Marcinho.

O lance decisivo do jogo veio aos 40. Após lançamento, Luiz Fernando estava impedido mas não participou, Renatinho veio muito de trás, dividiu com Vanderlei e fez o que seria o gol da vitória. A arbitragem validou, anulou, validou de novo e por fim anulou, inexplicavelmente.

No final, Saulo ainda fez boa defesa em chute de Yuri Alberto e Rabello finalizou de longe para fora. Mas ficou mesmo no 0 a 0, devido ao gol absurdamente anulado. 

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

Botafogo 0 x 0 Santos   

BOTAFOGO: Saulo, Marcinho, Joel Carli, Rabello e Yuri; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Luiz Fernando (Ezequiel), Leo Valencia (Renatinho) e Rodrigo Pimpão (Aguirre); Kieza. Técnico: Bruno Lazaroni.

Danilo Santos