notícia

Tem jogo

Botafogo sai na frente, mas perde para o Itapetininga e vai buscar a virada fora de casa
Atualizado em 07-04-2018, 23:00

Mesmo empurrado pela torcida e com um início arrasador, o Botafogo foi superado por 3 sets a 1, pelo Itapetininga, no primeiro jogo da semifinal da Superliga B. A equipe, que contou com atuação precisa de Marcelinho e Alberto na noite deste sábado, saiu do Ginásio Oscar Zelaya aplaudida e prometeu empenho para virar a série em São Paulo. 

Um show de voleibol. Esse é o resumo do primeito set alvinegro. A equipe foi perfeita nos saques, contra-ataques e recepções, contou com participação decisiva de Alberto e Damião e lances de efeito de Marcelinho para vencer por 25 a 9. Na segunda etapa, o panorama mudou e o jogo ganhou equilíbrio. A boa largada dessa vez foi dos paulistas, que chegaram a abrir 15 a 9 e viram a torcida empurrar o Glorioso para a reação. Em rali emocionante, Alberto explorou o bloqueio e diminuiu a desvantagem para um ponto na reta final da etapa. Porém, o time manteve a concentração e empatou o duelo ao fazer 25 a 22.

Mais equilibrado na quadra, o Itapetininga manteve o nível de atuação e comandou a terceira etapa do início ao fim. Na busca pela reviravolta, Mauro Lima colocou Mark no lugar de Aranha, o ponteiro correspondeu, mas não evitou a derrota por 25 a 19. Sentindo o momento, os torcedores trataram de entoar os cânticos tradicionais do Alvinegro e os atletas entenderam o recado. O passe voltou a funcionar, Marcelinho teve seu jogo facilitado e utilizou as bolas de meio com sucesso. Ponto a ponto, os postulantes à elite protagonizaram um espetáculo de alto nível. Com vantagem mínima até as últimas bolas, o Botafogo teve dois setpoints mas foi superado por 27 a 25.

 Vibrante como de costume, Alex Damião manteve a manteve a regularidade na saída de rede e foi válvula de escape em bolas difíceis. O camisa 8 comentou a mudança de panoramas da partida e lamentou a oportunidade desperdiçada.

-  Tivemos um início primoroso mas sabíamos que do outro lado da quadra nada estava dando certo, aquele não era o jogo. Depois, começamos a pecar um pouco no passe, perdemos a primeira bola e jogamos com mais altura. Eles nos forçaram a cometer erros no ataque com um bloqueio grande e conseguiram tirar vantagem disso no segundo e terceiro sets. O quarto foi na emoção, digno de uma grande semfinal. Tive a bola para fechar mas tomei a decisão errada, continuamos na quadra e eles conseguiram vencer. Enfim, saímos com a derrota mas sabemos que não tem nada decidido. Temos chances de chegar lá, virar a série  e nos garantir na Superliga. Queríamos muito essa vitória hoje, a torcida do Botafogo veio, fez um papel bonito, passou confiança e não deixou de apoiar. Podem ter certeza que também vamos a São Paulo lutar por eles. 

Botafogo e Itapetininga fazem o segundo jogo da semifinal na próxima  quinta-feira, às  20h,  no Ginásio Ayrton Senna. 

 

Walner Junior