notícia

Pela estrela no peito

Ávido pela conquista, Valentim quer título Estadual para ficar marcado no Glorioso
Atualizado em 06-04-2018, 16:50

Uma decisão, no clássico e com o Maracanã lotado. O sonho de muitos jogadores, torcedores e também de treinadores. O título do Campeonato Estadual pode ser o primeiro do treinador Alberto Valentim. Jovem, o comandante alvinegro cresceu com o time na competição e pode erguer o título do Campeonato Carioca e marcar seu nome no Glorioso. Valentim falou sobre a oportunidade e prometeu um Botafogo aguerrido em campo.

- O título é muito importante se tratando da nossa cultura. Não é só no Brasil, mas aqui não existe trabalho a longo prazo e sim curto e médio. Você pode ter até um bom trabalho e não conseguir permanecer no clube. Se tratando de afirmação o título é muito importante. O Jair não teve o título Estadual aqui, mas teve algo muito forte para o clube que foi a vaga na Libertadores. Teve o reconhecimento de todos para se tornar um treinador de ponta - disse Alberto Valentim.

O treinador também falou sobre a expectativa para o jogão. O Vasco leva a vantagem do empate, mas o Botafogo já provou que é capaz de reverter cenários como esse. e aí, professor?

- Esse é um jogo que não tem volta e temos que entrar muito tranquilos, para ter a posse da bola, jogarmos com personalidade. É agora ou então apenas no ano que vem. Não há mais um jogo ou empate que possa levar para a prorrogação. Precisamos de todos concentrados e a semana tem sido muito boa - falou.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Alberto Valentim no Estádio Nilton Santos: 

O PERFIL DE VALENTIM NA BEIRA DO CAMPO

- Eu achei que exagerei contra o Vasco, quando tentei pegar a bola e não vi que um jogador estava chegando. Enfim, já até falei aqui que estou tranquilo. Pode parecer que não, mas não falto com respeito aos jogadores e árbitros. Por isso que o Leo e o Brenner não me faltaram com respeito. Primeiramente são educados. O filho do Leo estava brincando aqui outro dia e devolvi a bola para ele. O menino agradeceu. Quando vejo os nossos lances com a câmera mais aberta percebo que exagerei em alguns momentos. Mais naquele lance contra o Vasco. 

CASA CHEIA

- Fiquei muito feliz mesmo, de verdade. Sabendo depois que os ingressos estão se esgotando ou já se esgotaram. Será muito legal, o futebol carioca está precisando disso. Se o campeonato começou com a média baixíssima, pelo menos vamos encerrá-lo com um grande público. 

AUSÊNCIAS SENTIDAS DE AMBOS OS LADOS

- Isso o futebol carioca perdeu. Perdemos o João, o Lindoso por suspensão, o próprio Welington por suspensão, além do Paulinho. O futebol carioca certamente perde com isso. 

SEM CANSAÇO DO OUTRO LADO

- Não podemos pensar de forma alguma e acharmos que o Vasco vem cansado para esse jogo. Se fosse uma partida mais de meio de tabela talvez, mas numa decisão é diferente. Não esperamos isso do Vasco entrar cansado para o jogo. 

POSSIBILIDADES

- Estou vendo um pouquinho daquilo que podemos com a ausência do Rodrigo, uma coisa que pesa. Algumas coisas acontecem e acabam sendo boas. Isso valoriza os demais atletas que estavam se preparando e terão uma oportunidade não só no clássico e sim uma decisão.

PENSA, PROFESSOR

- Penso muito no conjunto e tenho quatro opções. Fiquei quebrando a cabeça a semana toda para isso e tenho que pensar no Botafogo. Não posso pensar que com o tempo isso vai dar certo, mas sim que tem que dar certo no domingo. Quero que dê certo contra esse adversário e por isso pensei no substituto. 

EQUILÍBRIO PARA VENCER

- Com muito equilíbrio. Precisamos ter uma equipe equilibrada, organizada. Como contra o Flamengo, não precisamos ter pressa para ganhar o jogo, mas sim organização e qualidade para finalizar a última bola. Não confundam lentidão com não ter pressa. 

PRESENÇA DA TORCIDA EM TREINO ABERTO NO SÁBADO

- O nosso torcedor será muito legal aqui, teremos esse contato mais próximo no dia de treino, uma coisa que não costumamos ter.Verão um grupo de muito respeito e um ambiente muito legal. A vinda deles será importante para nós. 

JOGO EQUILIBRADO

- O Vasco leva a vantagem, mas vejo muito equilibrado. Talvez seja uma injustiça eu jogar a bola para o Vasco só para tirar o peso, mas estou sendo bem realista e não vejo um favorito. Repito, o Vasco leva uma vantagem até o jogo começar. 

PADRÃO CONSOLIDADO

- A única coisa que eu vejo é que a gente, independentemente da vantagem do Vasco, não mudaria a nossa maneira de jogar. Temos uma padrão de jogo e a nossa ideia é continuar fazendo o que temos feito, só que um pouco melhor, qualificando mais. 

UM TÍTULO DE GRANDE IMPORTÂNCIA PARA O TREINADOR

- Importante para mim, me preparei muito para ser treinador e nada melhor do que você conquistar esse título. Se isso acontecer certamente vai passar um filme rápido na minha cabeça, da forma que nos preparamos aqui dentro. Um retrato muito sério do que estamos querendo para essa temporada. 

SEMANA COM TEMPO PARA TREINAR

- Sempre falei para vocês e disse na minha primeira semana que tinha sorte por poder iniciar o trabalho com tempo para treinador. Seria maravilhoso se até o final do ano tivéssemos sempre uma semana cheia para jogar. Sem dúvida temos essa vantagem. 

JEFFERSON EM CAMPO?

- Preciso ver como vai estar o jogo. As substituições nós conversamos bem, a necessidade de colocar um time mais ofensivo ou defensivo. Tomara que possamos 

UM CLÁSSICO RECHEADO DE GOLS

- Até falei antes do jogo que não acredita no placar com muitos gols, mas acabou acontecendo. Para que não torce para nenhum dos dois foi maravilhoso para ver. Quero vencer o jogo independentemente do resultado. 

PELO TÍTULO

- O torcedor pode ter certeza que iremos muito fortes para esse jogo. Vamos para sermos campeões. 

CARLI  CAPITÃO

- O Carli será o nosso capitão. Um bom líder, um cara que todos respeitam. Será ele o nosso capitão.

AGUIRRE 

- Acredito que o Aguirre esteja liberado para o jogo contra o Grêmio, pela 3ª rodada. Não podemos ter pressa e que possa vir forte para nos ajudar. 

Marcos Silva