notícia

Nova oportunidade

Agora pela semifinal do Estadual, Botafogo terá o Flamengo pela frente no Maracanã
Atualizado em 26-03-2018, 18:49

O Campeonato Carioca chegou em sua fase decisiva e o Botafogo terá pela frente o Flamengo na semifinal em jogo único, no Maracanã, quarta-feira, às 21h45. O rival conta com a vantagem do empate para avançar, mas o Glorioso já provou que pode reveter o quadro quando eliminou o Vasco,na semifinal da Taça Rio, diante do mesmo cenário. Em entrevista coletiva, o capitão Rodrigo Lindoso falou dos pontos que precisam ser trabalhados e da importância de uma classificação para a final pela sequência do trabalho.

- A gente quer ganhar todos os jogos e sabemos que o clássico é de importância maior para torcida, uma rivalidade maior. Hoje foi um dia mais de pós-jogo e recuperação. Tivemos uma pequena conversa de cobrança interna nossa. A conquista da Taça Rio nos dava uma vantagem do empate, mas também não resolveria muita coisa. Saímos em desvantagem, mas nosso objetivo sempre será vencer. Se chegarmos, em três jogos podemos mudar essa história com o título do Carioca - disse Lindoso.

O jogador Alvinegro também reforçou a necessidade de uma equipe ainda mais concentrada na partida contra o Flamengo. Não só pela vantagem do empate por parte do rival, mas para converter em gols as chances criadas. Diante do Fluminense, na final da Taça Rio, o Glorioso acabou não abrindo o marcador diante de boas oportunidades, o que acabou custando a taça no fim. Hora de ajustar por um final diferente.

- Preocupa as duas coisas, até pelo fato do Flamengo contar com o empate para avançar de fase. Temos que fazer um jogo mais concentrado lá na frente na hora de caprichar e colocar a bola para dentro. Lá atrás também ter atenção redobrada. No clássico nós tivemos muitas oportunidades e não aproveitamos. Tivemos o maior número de finalizações, mas também teve o mérito do goleiro. Amanhã voltaremos a campo para corrigir esses detalhes. São pequenas coisas, estamos evoluindo e com um bom volume de jogo. Agora é passado e vamos buscar corrigir as coisas para um bom jogo na quarta-feira - completou Rodrigo Lindoso.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Rodrigo Lindoso:

O GRAMADO DO MARACANÃ

- Não prejudicou o resultado do jogo, não é desculpa, mas isso pode ocasionar um lance maior, com um erro por conta da condição do campo. Fiz esse comentário ontem e acho que não tomarão uma providencia. Isso é só um detalhe, um toque que eu dou. Mas agora é deixar isso de lado para focarmos no Flamengo e na classificação.

POR UM CLÁSSICO EM PAZ

- Acho que a polêmica acontece por um detalhe ou outro, mas nunca com pancadaria e sempre disputado dentro de campo. Uma polêmica aconteceu por causa da arbitragem e reforço para que seja um jogo limpo e sem interferência de fora. Que possamos também cobrar o mínimo, até por estarem também fazendo o seu trabalho. Que possamos ter um bom público também.

TAÇA GUANABARA NO PASSADO

- A eliminação do primeiro turno não dava para ficar remoendo. Não vale muito, é passado e o novo treinador mesmo pediu para apagarmos tudo que aconteceu. A nossa preparação já começou e vamos com tudo por essa classificação.

MINIMIZAR OS ERROS

- Não digo que perfeito, mas temos que procurar minimizar o máximo. Fizemos um primeiro tempo muito bom, com vários lances. O primeiro gol do Fluminense aconteceu numa jogada meio que rebatida, mas aconteceu. Paciência, temos que estar focados e ligados. Isso o Alberto nos cobrou nesse papo de hoje.

REGULAMENTO DE LADO

- Acho que até antes do jogo contra o Vasco eu falei sobre o regulamento ser meio estranho, mas não vou mais bater nesse assunto. Não muda nada. Vamos focar para procurarmos fazer o que não fizemos no outro jogo.

NA FUNÇÃO DE JOÃO PAULO

- Estou bem e já fiz essa função. É mais a leitura do jogo, assim eu já fiz com o João. Procuro conversar muito com ele, tivemos um bom entrosamento por conta do ano passado.

ATENÇÃO PARA SOFRER MENOS GOLS

- É uma questão de atenção. Não é só para quem está lá na frente, mas para quem também fica lá atrás. Conseguimos jogar bastante no campo deles e em algum momento você fica mais exposto, mas não foi por conta disso. E uma questão mais de atenção.

MARCELO DE LIMA HENRIQUE APITA A SEMIFINAL

- Espero que seja um jogo limpo por parte das duas equipes e que o árbitro faça o papel dele. Conheço o Marcelo, já apitou muitos jogos em que estive. Acredito que foi uma boa escolha e espero que o jogo seja decidido pelas duas equipes.

KIEZA E BRENNER

- São de características parecidas. O Kieza com um pouco mais de mobilidade, o Brenner prendendo mais a bola. Ganha o Botafogo e o Valentim. Mais um reforço que, com condição de jogo, nos ajudará muito.

UM BOTAFOGO MENOS FALTOSO

- Algumas coisas acontecem quando o time fica mais com a bola e o nosso time não gosta de fazer falta, é um pedido do Alberto. Até comentei isso com o árbitro. Tivemos volume de jogo e na questão de pegada isso não quer dizer nada. Para os bons apreciadores do futebol isso é bom, um mérito da nossa equipe. Não justifica a falta como forma de pressão no adversário.

Marcos Silva