notícia

Volta Redonda 1 x 1 Botafogo

Fogão pressiona, cria chances, mas empata e vai a 10 pontos na Taça Rio
Atualizado em 11-03-2018, 19h00

 

 
 

Um dia em que a bola teimou em não entrar. O Botafogo criou inúmeras chances, parou no goleiro rival e saiu do Raulino de Oliveira com empate em 1 a 1 com o Volta Redonda. Igor Rabello fez o gol do Glorioso, que chegou a 10 pontos na Taça Rio.

O próximo adversário é o Vasco, domingo, no Estádio Nilton Santos.

O JOGO

Partida animada e bem disputada em Volta Redonda, com times com estratégias diferentes. O Botafogo buscando a troca de passes e trinagulações, o Volta Redonda contra-atacando. O time da casa quase abriu o placar aos 6 minutos, em chute forte e Marcelo no travessão. 

Crescendo no jogo, o Fogão ameaçou em cobrança de falta de Leo Valencia por cima, em finalização de Kieza sobre o gol e com Ezequiel quase marcando, aos 16. Pimpão, de voleio, também tenou após bom lançamento de Lindoso, mas o goleiro pegou.

Entretanto, quem chegou ao gol foi o Volta Redonda. Após o tempo técnico, Mauro pegou a bola no meio, carregou e bateu forte, sem chances para Gatito, aos 22.

Vez de o time alvinegro correr em dobro atrás do empate. Aos 23, Kieza foi lançado, driblou o goleiro, mas não conseguiu alcançar. Aos 29, Igor Rabello teve gol de cabeça anulado. Aos 33, Rodrigo Pimpão finalizou por cima.

Até que, de tanta pressão, veio a igualdade. Leo Valencia cobrou falta da direita e Rabello subiu muito para empatar, aos 38. Volta Redonda 1 x 1 Botafogo!

Na etapa final, mais pressão alvinegra. Ezequiel começou arriscando uma para fora. Mas o melhor caminho era pela esquerda. Aos 5, Moisés recebeu de Marcos Vinicius e cruzou, Kieza cabeceou rente à trave. Aos 10, o próprio Moisés recebeu na área, limpou e bateu tirando tinta. Aos 11, de novo Moisés foi no fundo e cruzou rasteiro, o goleiro resvalou o suficiente para evitar gol de Kieza.

Pela esquerda era uma opção, por cima também. Aos 14, Valencia cruzou na área, Kieza se antecipou ao goleiro e de novo quase marcou.

Quem começou a aparecer foi o goleiro Douglas. Primeiro ao espalmar para escanteio forte chute de Leo Valencia. Depois, aos 33, ao fazer boa defesa em cabeçada de Moisés, quase na pequena área. Na mais incrível, ele fez milagre para evitar gol de Brenner de cabeça. 

O jogo ficou aberto, com chances para os dois lados. O Volta Redonda até era perigoso, mas o Botafogo rondava a área e pressionava. Moisés teve oportunidade em falta e ficou no adversário. Aos 43, Marcos Vinicius fez belo lance na área, limpou duas vezes e bateu forte, com muito perigo, para fora. 

Na última bola, João Paulo cruzou na direção do gol, Brenner chegou na dividida, o goleiro e o zagueiro também, mas a vitória passou a centímetros da trave. Ficou mesmo Volta Redonda 1 x 1 Botafogo.

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

Volta Redonda 1 x 1 Botafogo

Danilo Santos