notícia

Rápida resposta

Valentim comemora vitória e atuação do Botafogo, com diversas oportunidades
Atualizado em 07-03-2018, 10h00

Nada melhor para se reabilitar de uma derrota em clássico do que vencer o jogo seguinte. O Botafogo respondeu rápido ao revés para o Flamengo e bateu o Bangu por 1 a 0, nesta terça-feira, no Estádio Nilton Santos, chegando a 9 pontos na Taça Rio. 

O técnico Alberto Valentim aprovou a atuação do time, lembrando que ainda há margem para crescimento. Confira os principais trechos da entrevista:

DESEMPENHO

- Eu achei o começo muito bom. Até uns 30 minutos, mais ou menos... Nós fizemos a bola rodar, trabalhamos bem, criamos oportunidades. Depois nós nos perdemos um pouco e nos desorganizamos. Esperamos oportunidades. No segundo tempo o Bangu criou algumas oportunidades de gols mais perigosas que antes. O time evoluiu no meu modo de ver. Tivemos o controle do jogo.

- Jogamos mais no campo do Bangu do que contra o Flamengo. Tivemos uma finalização a mais em relação ao jogo com o Fla, mas acabamos cedendo mais chances ao Bangu. Precisamos equilibrar bem. Precisamos estar muito encaixados.

IMPORTÂNCIA DA VITÓRIA

- Muito importante. Pedi muito aos jogadores que fizéssemos uma partida boa, de qualidade, mas precisávamos muito dessa vitória. Vitória boa, e agora vamos ter mais tranquilidade para o jogo com o Volta Redonda. Vai ser um jogo difícil e precisamos ir fortes.

GOL ANULADO DE KIEZA

- Mais uma vez mal anulado. Infelizmente erraram de novo. Uma pena. Hoje, sinceramente, era um lance mais difícil. A gente fica muito chateado com o tamanho do erro. Contra o Flamengo foi muito pesado. O jogo já passou, o Flamengo ganhou, mas não pode numa bola parada com o bandeira de frente, o jogador, que já estava em posição irregular, e o bandeira não conseguir ver. Mas hoje era uma situação mais difícil.

PÚBLICOS BAIXOS NO CARIOCA

- Fica tarde para o torcedor vir aqui às 21h30 de uma terça-feira. Tem que procurar qual seria a forma de aumentar esse público, até no Botafogo x Flamengo no fim de semana... Vim de um estado que está batendo recordes e recordes de público e renda. São Paulo é referência. Jogávamos no Palmeiras com média de 30 mil, fazia diferença.

- Tomara que nosso governo tome as medidas necessárias. A violência tem que acabar. Não sei direito o que acontece, quais são as razões para os torcedores não virem. O futebol carioca é muito importante para o Brasil, falamos de quatro clubes muito importantes para o futebol.

SAÍDA DE LEO VALENCIA

- Foi mais tática. Eu queria o Marcos Vinícius fazendo a função de camisa 10 para tentar achar uma bola. Eu gostei do primeiro tempo com o Leo (Valencia). Eu queria dar um pouco mais de qualidade no último passe. A gente perdeu um pouco na dinâmica do jogo porque o Marcos ainda não está no ritmo dos outros jogadores. Ele fez uma boa partida.

FORMA DE JOGAR

- Nas bolas longas eu quero alternar. Quando tem um time mais defensivo, a gente tem que rodar a bola. Seja com o Kieza, ou com o João (Paulo), para a gente fazer essa rotação. A ideia é essa, não só fazer posse. Temos que achar os espaços para finalzair o quanto antes. Eu os deixo bem à vontade, de alternar, para a gente poder criar mais situações de gols. O Lindoso tá chegando, o João chega para finalizar. A gente tem os jogadores que sabem jogar.

- A gente precisa melhorar a nossa fase ofensiva. Se nós criamos algumas oportunidades, foram 16 finalizações se eu não me engano, a gente precisa caprichar e fazer os gols.

IMPORTÂNCIA DO GOL PARA PIMPÃO

- Não só o Pimpão, mas todos os jogadores... A gente tem que trazer os torcedores de volta. Alguns jogadores ficam mais visados. Ele tem treinado bem, se esforçado. O que a gente tem que fazer é treinar, procurar melhorar. Até para o torcedor ficar ainda mais perto da gente com as vitórias. Jogou com sete pontos na cabeça e podia ir para o cabeceio. A gente precisa treinar, melhorar e trazer o torcedor de volta pra gente.

LATERAIS

- Moisés com muita força, o Márcio também. São dois jogadores de muita qualidade. Queria lembrar um pouquinho do Arnaldo, que está treinando muito bem. E do Luis Ricardo, que estava voltando de lesão.

OPINIÃO SOBRE AGUIRRE

- Muita qualidade, jogador veloz e forte. Pode jogar em três posições. Nos dois lados e pode fazer o 9 também. Chega nesta quarta. Vamos torcer para dar tudo certo nos exames. Vai nos ajudar muito.

Botafogo de Futebol e Regatas