notícia

Flamengo 1 x 0 Botafogo

Com gol irregular, Fogão perde clássico no Estádio Nilton Santos
Atualizado em 03-03-2018, 19h06

 

 
 

Decidido em detalhes. Este é um dos jargões para definir clássicos. No deste sábado, entre Botafogo e Flamengo, no Estádio Nilton Santos, a diferença foi um gol em impedimento de Rhodolfo validado pela arbitragem. Com a derrota por 1 a 0, o Fogão segue com 6 pontos na Taça Rio. 

O próximo adversário é o Bangu, terça-feira, no Estádio Nilton Santos.

O JOGO

O clássico começou com grave erro de arbitragem. Logo aos 3 minutos, em lance fácil de ser visto, Rhodolfo, bastante adiantado, cabeceou para o gol após cruzamento de Diego e abriu o placar.

Um gol no início muda toda a história de uma partida. O Botafogo teve que sair com tudo atrás do empate, enquanto o Flamengo se organizou defensivamente e buscou contra-ataques. Aos 14, Ezequiel recebeu na entrada da área, limpou e bateu de esquerda, para defesa de Diego Alves.

O Botafogo voltou a ter lances duvidosos contra. Ezequiel invadiu a área, driblou Renê, que deu carrinho forte, acertando bola e jogador. O árbitro não deu pênalti. Aos 22, Kieza teve gol de cabeça anulado, por posição duvidosa de impedimento. Outra decisão polêmica: Jonas fez falta forte em Moisés, mas o cartão amarelo foi mostrado para Henrique Dourado. Pouco depois, Jonas poderia ter sido expulso em outra chegada mais dura.

A pressão do Fogão se intensificou. Valencia obrigou Diego Alves a fazer boa defesa em cobrança de falta, Rabello cabeceou e Réver salvou quase na linha, Rabello e Pimpão cabeceaream outras bolas para fora. O Flamengo só ameaçou em falta cobrada por Diego e espalmada por Gatito. 

No segundo tempo, o rival se fechou, dificultando as ações ofensivas do Botafogo, que voltou com Leandro Carvalho no lugar de Ezequiel. Paquetá arriscou dois chutes, ambos por cima.

O primeiro lance perigoso do Botafogo foi com Pimpão, quase antes do meio-de-campo, passando perto do gol. Marcos Vinicius, que entrou no lugar de Valencia, mandou uma por cima.

As chances foram aumentando, ainda que não claras. Pimpão de bicicleta ficou em Diego Alves, Marcelo de cabeça parou em grande defesa do goleiro rival. Em outra oportunidade, Rabello desviou e Marcos Vinicius quase chegou para completar. 

Ainda teve tempo para um lance feio de se ver, uma entrada fortíssima de Vinicius Junior em Rabello, que terminou em cartão vermelho. O Botafogo tentou a pressão, teve como última oportunidade um chute de longe de Leandro Carvalho que parou em Diego Alves, mas não deu para conseguir o empate.

GALERIA DE FOTOS

Flamengo 1 x 0 Botafogo  

BOTAFOGO: Gatito, Marcinho, Marcelo, Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, João Paulo, Leo Valencia (Marcos Vinicius), Ezequiel (Leandro Carvalho) e Rodrigo Pimpão (Brenner); Kieza. Técnico: Alberto Valentim.

Danilo Santos