notícia

Na final!

Botafogo empata em 1 a 1 com o Vasco e está na decisão da Taça Guanabara Sub-20
Atualizado em 28-02-2018, 20:20

O Sub-20 do Fogão está grande final da Taça Guanabara! Na tarde desta quarta-feira (28/02), o Glorioso empatou em 1 a 1 com o Vasco no CEFAT e, por ter feito a melhor campanha da primeira fase, avançou para a final da competição. Rhuan marcou o gol alvinegro na partida.

CONFIRA OS MELHORES MOMENTOS NA BOTAFOGO TV:

 

Na decisão do torneio, a equipe alvinegra enfrentará o Flamengo, que derrotou o América também nesta quarta-feira. Data, local e horário ainda serão definidos pela FERJ.

O JOGO

Frente a frente para começar a definir um dos finalistas da Taça Guanabara Sub-20, Botafogo e Vasco entraram em campo com a previsão de realizar um embate pra lá de disputado. O apito soou e, o que até então era uma previsão, se confirmou.

A partida se mostrou bastante equilibrada e truncada desde o início, uma verdadeira batalha tática e estratégica que exigiu muita paciência das duas equipes. O Vasco, sem chances para erros, se fechou e acreditava nos contra-golpes rápidos.

Já o Botafogo comandado por Eduardo Barroca seguiu seu padrão de posse do bola e troca de passes, para tentar furar a marcação cruzmaltina. Nessa configuração, o duelo acabou tendo poucas chances claras de gol na primeira metade do primeiro tempo.

O Alvinegro, por conta da tática defensiva do Vasco, arriscou muitas vezes de fora da área e o time visitante pouco chegou. Mas, em uma escapada de Marrone, aos 39, a equipe da Colina conseguiu abrir o placar.

Jogando em casa, o Botafogo não sentiu o golpe e tratou logo de responder. Aos 42, Jonathan fez uma boa jogada pelo lado esquerdo, foi ao fundo e cruzou com maestria na cabeça de Rhuan, que só escorou para o fundo das redes e empatou o clássico. Tudo igual! BOTAFOGO 1 x 1 Vasco

Veio o segundo tempo e as coisas permaneceram equiparadas, mas algumas boas oportunidades a mais aparecem para ambos. Aos 2, Wenderson arriscou um lindo chute de fora da área, que levou muito perigo ao gol do Vasco. Aos 7, o Cruzmaltino respondeu com uma cabeça perigosa, mas Diego fez uma grande defesa.

O tempo foi passando e o Vasco, precisando da vitória para avançar, tentou pressionar, mas a equipe do Botafogo se manteve bem postada e, com muita maturidade, não levou muitos sustos, administrando o resultado até o fim.

Apito final! Festa da garotada alvinegra e mais uma final na conta. Isso é base forte, não tem jeito. Tem que respeitar!

Botafogo: Diego; Fernando, Gabriel, Luca e Jonathan (Lucas Barros); Wenderson, Rickson e Pedro (Jordan); Amilcar (Mateus Jorge), Rhuan (Caio Alexandre) e Rodrigo (João Celeri). Técnico: Eduardo Barroca.

Fabio de Paula