notícia

É CAMPEÃO!

Sub-16 do Fogão bate Fluminense por 3 a 0 e conquista a Copa Xerém Brasil-Chile 2018
Atualizado em 24-02-2018, 15:30

O Botafogo é o campeão da 1ª edição da Copa Xerém Integração Brasil-Chile de 2018. Na manhã deste sábado (24/02), a garotada do Glorioso fez bonito e derrotou os anfitriões tricolores por 3 a 0, no CT Vale das Laranjeiras, em Xerém. Marquinhos, Léo e Diego, fizeram os gols que deram o título para o Fogão.

Com a vitória, a equipe comandada por Felipe Lucena alcançou os 9 pontos e conquistou a taça de com 100% de aproveitamento e de forma invicta. o atacante Léo, com 3 gols marcados, foi o artilheiro da competição.

O JOGO

Decisivo, o clássico vovô iniciou de forma equilibrada e com boas chances para ambos os lados. Pelo lado Alvinegro, Raí, aos 9 minutos, acertou um bonito chute de fora no travessão. A equipe da casa até respondeu, mas parou no setor defensivo do Alvinegro.

Aos poucos, a equipe alvinegra aumentou o ritmo de jogo e elevou o volume. Com isso, não demorou muito para o placar sair do zero. Aos 17, Marquinhos recebeu pela esquerda, invadiu a área e bateu na saída do goleiro. GOL DO BOTAFOGO! 1 a 0 no placar.

O gol de moral para a molecada, que tratou de correr atrás do segundo. E ele veio. Aos 26, Russo bateu cruzado, o arqueiro tricolor conseguiu defender, mas a bola sobrou para Léo, bem posicionado, só empurrar para o fundo do barbante. GOOOL! MAIS UM DO GLORIOSO!

Em vantagem, coube ao Botafogo trabalhar a bola e mostrar maturidade durante a segunda etapa da partida. Orientados por Felipe Lucena e Thiago Aprigio, os jovens alvinegros mantiveram o ritmo e foram muito bem até o fim do duelo. E, aos 30, quase no apito final, Diego tratou de fechar a conta com uma bomba de longe, que morreu lá dentro. BELO GOL! BOTAFOGO 3 x 0 Fluminense.

Fim de jogo e festa alvinegra. A garotada saiu para o abraço e vibrou muito junto com a comissão técnica, com os pais e com a torcida presente. O primeiro troféu do ano já veio. Parabéns, galera. Isso é Base Forte!

Botafogo: João (Matheus); Diego, Laion, Reydon e Breno; Raí (Michael), Russo (Polaco) e Nelson (Guilherme); Padela (João Lima), Marquinhos (Vicente) e Léo (Andrey). Técnico: Felipe Lucena.

Sem título

Fabio de Paula