notícia

Nova Iguaçu 1 x 2 Botafogo

Com gols de Kieza e Valencia, Fogão vence na estreia de Alberto Valentim
Atualizado em 22-02-2018, 21h26

 

 
 

Nada melhor para retomar a confiança do que vencer. Em seu primeiro jogo na Taça Rio, estreia do técnico Alberto Valentim, o Botafogo derrotou o Nova Iguaçu por 2 a 1, nesta quinta-feira, no Estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos. Os gols foram de Kieza e Leo Valencia.

O próximo jogo é contra a Cabofriense, domingo, às 19h30, no Estádio Nilton Santos.

O JOGO

Na estreia de Alberto Valentim, o time apresentou novidades, como o retorno de Marcinho após longo tempo, a estreia de Moisés, Rodrigo Lindoso no meio e Ezequiel e Kieza na parte ofensiva, além de Gatito no gol. O treinador começou a colocar em prática o seu estilo na equipe.

No início, um jogo travado, disputado entre as intermediárias. O Botafogo tinha a iniciativa, mas o Nova Iguaçu se fechava bem. No primeiro lance de perigo, Marcinho cruzou, Pimpão cabeceou e Jefferson defendeu.

Na segunda chance, saiu o gol. Ezequiel recebeu de Marcinho, acreditou até o fim e rolou para Kieza empurrar para a rede, aos 17! Nova Iguaçu 0 x 1 Botafogo!

O gol fez bem ao Fogão, que cresceu no jogo e teve ainda mais controle da partida. Aos 25, Marcinho cruzou da direita e Jefferson tirou. Aos 26, Valencia bateu falta para a área, Rabello quase chegou. 

Até que veio a falta que Valencia tanto esperava, frontal, perto da área. O meia chileno cobrou com extrema precisão, no ângulo, para ampliar, aos 27! Nova Iguaçu 0 x 2 Botafogo!

Ainda teve bom cruzamento de Rodrigo Lindoso que Pimpão emendou de primeira para fora, com desvio. Do outro lado, o Nova Iguaçu ameaçou apenas em chute de Iuri, defendido com segurança por Gatito. 

No segundo tempo, o Botafogo começou apertando, ameaçando em chutes de Leo Valencia por cima e finalização de Kieza rente à trave. Apesar de o controle da partida, o time passou a ter dificuldades para criar e para suportar a parte física. Marcinho e Ezequiel pediram substituição, entrando Arnaldo e Luiz Fernando. 

O Nova Iguaçu, que pouco atacava, achou seu gol. Após erro na saída de bola, Dieguinho dominou na frente da área, limpou o lance e diminuiu, aos 24. 

Após o gol, o Botafogo voltou a ter oportunidades. Luiz Fernando de cabeça e Rodrigo Pimpão em finalização forte obrigaram Jefferson a espalmar. Aos 31, Luiz Fernando bateu, Pimpão completou de voleio para fora. O atacante sentiu e também foi substituído, dando vez a Dudu Cearense.

O próprio Dudu Cearense quase ampliou aos 43, ao cabecear firme para grande defesa de Jefferson. Já no lance seguinte, Luiz Fernando entortou seu marcador pela esquerda e mandou por cima. Sem ser ameaçado, o Botafogo segurou a vitória na estreia na Taçoa Rio.

GALERIA DE FOTOS

Nova Iguaçu 1 x 2 Botafogo  

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho (Arnaldo), Marcelo, Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, João Paulo e Leo Valencia; Ezequiel (Luiz Fernando), Rodrigo Pimpão (Dudu Cearense) e Kieza. Técnico: Alberto Valentim. 

Danilo Santos