notícia

Pronto para o jogo

Kieza cita compactação na equipe de Valentim e sua a camisa por vaga no time
Atualizado em 21-02-2018, 09:51

Está chegando a hora da estreia do Botafogo na Taça Rio, o que também será uma estreia para Alberto Valentim no comando da equipe diante do Nova Iguaçu. Uma das contratações para a temporada, o atacante Kieza, que já marcou um gol com a camisa alvinegra, trabalha duro para também estrear, dessa vez na equipe titular.

- O trabalho vem sendo bem feito. O professor ganhou uma semana para nos conhecer e implementar seu trabalho. Estamos aproveitando para conhecê-lo. Ainda é recente, mas o que podemos perceber é que ele quer um time mais compacto. Um cara que foca mais na parte tática - disse Kieza.

O atacante despistou os jornalistas quanto ao time que irá começar a partida, mas se colocou à disposição de Valentim para ajudar.

- Espero poder entrar jogando, mas ainda não sei. Quero poder ajudar o time. Na parte física estou bem melhor - completou o atacante.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Kieza:

RELAÇÃO COM BRENNER
- Já nos conhecemos e o Brenner é um menino maravilhoso, um cara companheiro. Sempre uma disputa sadia.

PRIMEIRO GOL PELO BOTAFOGO
- Primeiro foi tirar o peso para trabalhar um pouco mais leve, conseguir fazer o que sabemos de melhor. Já passou, infelizmente não passamos para a final. Meu pai comemorou muito o gol e ficou bem feliz.

O FUTEBOL ATUAL
- O respeito tem que haver sempre. O futebol hoje está meio chato sim. Temos direito de comemorar sim, antigamente era assim, até com provocações. Agora está mais chato.

SEM LESÕES PARA EVOLUIR
- Foram muitos os anos marcantes na minha carreira. O que espero é não me machucar. Foi assim nos últimos dois anos e não quero isso novamente.

NA ROTA DOS GOLS
- Sempre passou pela minha cabeça fazer gols e ser artilheiro aonde estiver. Assim quero no Botafogo, respeitando o trabalho sempre. Dessa forma os gols saem naturalmente.

O BOM AMBIENTE ALVINEGRO
- Todo mundo que chega é muito bem recebido. O ambiente do Botafogo é um dos melhores para trabalhar. Um ambiente leve e solto. O Moisés tem tudo para crescer aqui.

NOVOS ARES
- Fica melhor para todos os jogadores. Sempre com uma mudança todos se motivam. É normal e temos que procurar fazer o nosso trabalho da melhor forma possível todos os dias.

PROFESSOR VALENTIM
- Cada profissional tem o seu modo de trabalhar e temos que procurar fazer o que ele quer o mais rápido possível, do jeito que ele gosta

O GAROTO EZEQUIEL
- Tive a oportunidade de jogar com ele contra o Flamengo e temos que ajudá-lo. É muito habilidoso, rápido, um cara sensacional.

PAI ALVINEGRO
- Ele estava no Estádio. Foi acompanhar, assim como estava aqui no treino hoje. Lá no jogo ele gritou, fez de tudo que poderia. Espero que ele possa ter essa alegria mais vezes.

Marcos Silva