notícia

DNA protagonista

Após 100% na 1ª fase, Barroca avalia desempenho e valoriza forma de jogar na Copinha
Atualizado em 10-01-2018, 10:20

A primeira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior chegou ao fim e a equipe Sub-20 do Glorioso tem motivos para se orgulhar da campanha feita nessa primeira etapa do torneio. Apresentando um futebol bonito, qualificado e, sobretudo, eficiente, o Botafogo reúne ótimos números dentro do torneio que deixam a equipe e os jovens atletas bem na fita quando pensamos na formação de jogadores com o DNA Alvinegro.

Durante as partidas, a equipe alvinegra chamou a atenção pela sua forma de jogar. Posse de bola, troca de passes sem pressa, construção de jogadas com a bola passando de pé em pé, sempre propondo o jogo e buscando o gol. Para quem acompanha de perto o Sub-20 do Glorioso, isso não é nenhuma surpresa, já que são caracteristicas marcantes dos times comandados pelo treinador Eduardo Barroca. 

- A base do meu trabalho consiste em formar o jogador do Botafogo para ser protagonista com a bola. O Botafogo é um clube que precisa sempre propor o jogo pela sua grandeza e a base do meu trabalho é essa, fazer com que independentemente da partida, adversário ou competição, a gente tenha o domínio do jogo para buscar as vitórias. A história e o DNA do clube pedem isso e o meu trabalho é conseguir formar jogadores para o profissional tendo recebido esse tipo de estímulo. Foi muito importante ter iniciado essa primeira fase dessa forma, com 3 vitórias e 13 gols, com a performance boa, mas principalmente, com a forma que a gente vem jogando. - destacou o treinador.

O gráfico abaixo, feito pelo setor de análise de desempenho da base alvinegra, exemplifica bem o modelo de jogo do Botafogo. Na partida contra o River-PI, onde o Alvinegro aplicou 7 a 0, a maior goleada até aqui da competição, a equipe comandada por Barroca trocou 500 passes, enquanto o adversário apenas 116.

Sem título

Olhando para frente, o Botafogo já conhece o seu próximo compromisso na competição. Será o Desportivo Brasil-SP, já nesta quinta-feira (11/01), às 16h30, na Arena Capivari. Agora em uma fase eliminatória, Barroca acredita no potencial da equipe e pretende manter a mesma pegada para chegar o mais longe possível no campeonato.

- Apesar de sabermos que agora serão jogos eliminatórios, o conceito do trabalho e da formação segue o mesmo. Vamos jogar as eliminatórias sempre tentando propor o jogo, jogando para ganhar, para ter a bola o tempo todo e agredir o adversário, até porque não sabemos fazer de outra forma, é uma característica dos jogadores que estão trabalhando comigo há algum tempo. Sabemos que conforme formos avançando, os adversários vão ficando mais difíceis, o desgaste físico pelo tempo curto da competição vai aparecendo muito mais, mas com certeza a nossa ideia de ser protagonista vai continuar até o final.

Veja o gol abaixo, marcado por Rickson na vitória contra o Velo Clube-SP, onde a bola é trabalhada ainda no campo de defesa, volta até o goleiro Diego e trabalhada novamente até a transição rápida para o ataque, resultando no golaço do volante alvinegro.

Nesse outro vídeo, contra o River-PI, mais uma jogada bem trabalhada com tranquilidade desde trás, bola de pé em pé até chegar para Mateus Bastos finalizar na trave e Amilcar aproveitar o rebote. 

Copinha 2018 - 2ª fase

Partida: Botafogo x Desportivo Brasil-SP
Data: 11/01 (Quinta-feira)
Horário: 16h30
Local: Arena Capivari

Fabio de Paula