notícia

Concentração pelo objetivo

Gatito conta com a torcida e cita foco do time por classificação à Libertadores
Atualizado em 13-11-2017, 19:44

O Botafogo enfrentará o Atlético Goianiense, quinta-feira, no Estádio Nilton Santos em busca da reabilitação no Campeonato Brasileiro. Com a segunda melhor campanha do returno, o Glorioso faz uma grande temporada mesmo com um ano repleto de jogos decisivos pela Libertadores e Copa do Brasil. A equipe de Jair Ventura não quer parar por aí e brigará até o último minuto pela nova ida à Libertadores, a segunda seguida, fato inédito na história do clube.

- Acho que foram muitos jogos nesse ano, mas também não é uma desculpa. Sabemos da grandeza do nosso clube e da importância de estarmos numa Copa Libertadores ano que vem. Sabemos que temos que buscar a vitória na nossa casa e também pontuar fora para ficarmos mais folgados na busca pela vaga. A torcida pode ficar tranquila, o nosso grupo está comprometido e queremos voltar à Libertadores. Gostamos de jogar essa competição e vamos buscar isso. Precisamos dos torcedores e daremos o nosso melhor para conseguirmos a vitória - disse Gatito.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Gatito Fernández:

DE OLHO NA TABELA

- Sou uma pessoa que gosta de olhar a tabela ao fim da rodada. Essa foi boa para nós. Temos em mente sempre a Copa Libertadores e acredito que estamos no caminho. Uma vitória nos deixará ainda mais próximo.

A COBRANÇA ALVINEGRA

- A reação da torcida é normal. Clube grande é assim e a cobrança acontece quando o time não consegue o resultado, principalmente em casa. Não é só de fora que vem a cobrança. Agora temos que tratar de ganhar para encerrarmos o ano da forma que queremos.

FALHA E VOLTA POR CIMA

- Depois do jogo fiquei chateado por termos perdidos por esse gol. Assumi meu erro com meus companheiros, mas agora é uma semana nova. Querendo ou não isso acontece. É virar a página para dar alegrias para a nossa torcida novamente.

FRUTO DO BOM TRABALHO

- Hoje em dia temos a obrigação por conta do que buscamos nesse ano na Copa do Brasil, Libertadores e Brasileiro. Isso também fica para nós, sabemos que temos qualidade. Nossa meta é buscar a Libertadores para entrarmos para a história do clube.

ESTRATÉGIA CONTRA O ATLÉTICO GOIANIENSE

- Temos que começar com calma. Entramos querendo ganhar muito cedo e é preciso encontrar o momento oportuno para balançarmos a rede e sairmos com a vitória.

Marcos Silva