notícia

É diferente!

Em sintonia com a torcida, Luis Ricardo garante entrega total da equipe em clássico decisivo
Atualizado em 22-08-2017, 23:20

Tá chegando a hora! O clássico entre Botafogo e Flamengo, valendo uma vaga na grande final da Copa do Brasil 2017, já está batendo à porta. Nesta quarta-feira, às 21h45, as equipes se enfrentam no Maracanã pelo jogo de volta do torneio nacional. Na ida, um empate em 0 a 0.

O clima e a atmosfera que antecedem um clássico decisivo é sempre especial, até mesmo para os atletas mais experientes. Luis Ricardo, lateral-direito alvinegro, é um dos mais motivados para o confronto e acredita em um jogo diferente do que foi a primeira partida.   

- Acho que vai ser um jogo totalmente diferente do primeiro. No meu ponto de vista, vai ser um duelo mais aberto, onde o Flamengo vai procurar vir para cima. No Nilton santos, nos respeitamos muito, tentamos fazer o gol mas eles estavam bem postados. Então, acho que será mais aberto e as duas equipes vão ter mais chances de fazer o gol. Se trata de um Botafogo e Flamengo, eu já disputei alguns e como já dizia Galvão Bueno: "Haja Coração!". Vai ser um grande jogo e esperamos fazer uma grande apresentação. - projetou Luigi.

Para Luis Ricardo, o Glorioso, que no início do ano não era cotado a chegar tão longe nas competições importantes da temporada, hoje ocupa um papel que corresponde a grandeza do clube. O lateral falou sobre o sentimento de poder estar contribuindo após passar por um momento difícil na carreira.   

- Quem está no Botafogo tem que entender que se passa por momentos como esses. Essa camisa merece tudo o que estamos fazendo esse ano e todo esse respeito que adquirimos, não só daqueles que duvidavam da gente mas até de outros clubes também, porque já vi outros jogadores falando que torcem por nós e que param para assistir o Botafogo. Então, é gratificante estar vivendo esse clima e, depois do tempo que fiquei longe dos gramados, poder ajudar de alguma forma. - revelou.

Emocionado, Luis ainda relembrou um momento marcante que ocorreu no confronto contra o Nacional-URU no Nilton Santos: A sintonia entre time e torcida que vem sendo a marca da registrada da campanha alvinegra.

- Vou usar algumas palavras que estão em nossa música: "É diferente! Esse sentimento ninguém entende! Vamos, vamos, vamos, Botafogo. O clube que é mais tradicional!". Essa é a parte que mais mexe comigo. Me arrepio quando falo pelo fato de ter participado do jogo contra o Nacional pela Libertadores e quando a torcida cantou foi contagiante. De fato, o nosso torcedor merece tudo isso. Tenho certeza que amanhã vai ter um pouquinho do Luis Ricardo, do Bruno Silva, um pouquinho de cada um, pois valerá a pena cada esforço nosso para que a torcida alvinegra faça uma grande festa. - destacou o lateral.  

Fabio de Paula