notícia

Ponte Preta 2 x 1 Botafogo

Com time alternativo, Fogão perde em Campinas pelo Brasileiro
Atualizado em 20-08-2017, 17h53

 

 

 


Sem diversos titulares, poupados, o Botafogo foi a Campinas, fez uma partida equilibrada, teve grandes chances, mas acabou derrotada por 2 a 1 pela Ponte Preta, com dois gols de Emerson, o segundo deles no fim. Brenner fez o gol do Glorioso.

O próximo adversário na competição é o Bahia, domingo, na Arena Fonte Nova. Antes, foco total no segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil, quarta, contra o Flamengo, no Maracanã.

O JOGO

Em meio às semifinais da Copa do Brasil, Jair Ventura optou por time alternativo, que fez jogo duro com a Ponte Preta, tendo boas oportunidades de gol.

A primeira dela veio aos 6 minutos, quando Brenner cruzou da direita, a bola passou pela zaga toda e chegou para Valencia finalizar para fora. Porém, quando atacou, a Ponte Preta abriu o placar. Após escanteio cobrado por Danilo, Emerson Sheik dominou na área e bateu na saída de Jefferson, aos 12.

O Botafogo correu atrás e logo empatou. Após trocar passes por mais de um minuto, o time viu a jogada terminar em belo lançamento de Dudu Cearense e pênalti de Lucca sobre Arnaldo. Na cobrança, Brenner mostrou categoria para empatar, aos 20. Ponte Preta 1 x 1 Botafogo!

Sempre finalizando as jogadas pela esquerda, o time alvinegro levou perigo em conclusões de Valencia e Brenner para fora, o segundo com mais liberdade. Por outro lado, no último lance do primeiro tempo, Jefferson teve que fazer grande defesa para evitar gol de Danilo.

Na etapa final, jogo mais aberto e chances para os dois lados. No início, mais para o Botafogo. Pimpão de voleio por cima; Bruno Silva chute cortado por Marllon; Dudu Cearense desviando de cabeça e Brenner quase chegando; cabeçada de Carli por cima.

Foram 15 minutos só de Botafogo, até que a Ponte Preta acordou. Por três vezes seguidas, Saraiva invadiu pela direita e bateu, Jefferson fez grandes defesas e evitou o gol.

O Fogão voltou a ameaçar aos 25, quando Bruno Silva cortou na entrada da área e bateu de canhota por cima. A Ponte levou perigo em chutes de Lucca rente à trave e de Elton, quase na pequena área, por cima.

Quando o jogo parecia que ficaria mesmo no 1 a 1, Emerson Sheik aproveitou sobra na entrada da área e acertou um chute raro para desempatar, aos 42.

Ainda teve bola de Marcos Vinícius no travessão, mas não deu. Ficou mesmo 2 a 1 para a Ponte Preta.

BOTAFOGO: Jefferson, Arnaldo, Carli, Emerson Santos e Gilson; Dudu Cearense, Leandrinho (Fernandes) (Wenderson), Bruno Silva, e Valencia (Rodrigo Pimpão); Marcos Vinícius e Brenner. Técnico: Jair Ventura.

Danilo Santos