notícia

Aprovado!

Após votação, Assembleia Geral aprova o novo estatuto do Botafogo de Futebol e Regatas
Atualizado em 09-08-2017, 23h12

O Botafogo de Futebol e Regatas deu, na noite desta terça-feira, mais um passo importante na reformulação de sua Governança. Em Assembleia Geral realizada no Salão Nobre de General Severiano, os associados do clube votaram e aprovaram o novo estatuto social, adequado ao Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (PROFUT) e às exigências do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC). Houve 131 votos "sim", 13 "não" e 1 "abstenção", em um total de 145 participantes. O novo estatuto entra em vigor no dia seguinte à eleição que será realizada em novembro.

CLIQUE AQUI para acessar o Novo Estatuto Social!

- Em termos históricos, a aprovação deste estatuto significa que o Botafogo está ingressando na modernidade. Temos capítulos novos nesse estatuto que prevêem uma governança administrativa, com responsabilidade dos gestores do clube, uma total transparência e independência do Conselho Fiscal. Nada mais democrático que uma votação para decidir essa mudança - afirmou o Presidente da Assembleia Geral e do Conselho Deliberativo Jorge Aurélio Domingues.

Participaram da eleição os associados quites, maiores de 16 (dezesseis) anos, em pleno gozo de seus direitos estatutários e que ingressaram no quadro social até 08/08/2016. O novo estatuto havia sido submetido e aprovado pelo Conselho Deliberativo em 11/07/2017.

Confira abaixo os esclarecimentos de Luiz Roberto Alves da Silva Filho, Presidente da Comissão Especial de Reforma do Estatuto.

O resultado é uma grande vitória para o Botafogo, o grande beneficiado com esse estatuto. Traz uma modernidade e uma democratização do clube através da abertura do Conselho Deliberativo com participação maior da oposição. Há um capítulo inteiro sobre governança para evitar diversos problemas que tivemos no passado, obriga que se tenha orçamento, um plano de metas e acompanhamento do Conselho Fiscal a cada três meses. 

Há modificações na eleição presidencial. O mandato será de 4 anos, sem a possibilidade de reeleição. Há uma parte importante, que é o retorno de todas as marcas do Botafogo FR, Club de Regatas e Botafogo Football Club. Outra questão de destaque e que há muito tempo é solicitada: a possibilidade do torcedor votar. Existem algumas regras para que ele possa ser habilitado, a forma está bem clara no estatuto, mas é uma reivindicação muito grande que vem sendo atendida. É mais uma das promessas cumpridas do Presidente Carlos Eduardo Pereira.

Esse trabalho se iniciou com um grupo que se reuniu, semanalmente, faz dois anos, e que escutou as diversas correntes do clube. Após muito consenso, o projeto foi entregue ao Conselho Diretor, que apresentou ao Conselho Deliberativo. Por sua vez, o CD criou a Comissão Especial, que realizou todo o rito de mudança no estatuto, percorrendo todos os trâmites necessários, inclusive a análise do Departamento Jurídico - afirmou Luis Roberto Alves Silva Filho.

Assessoria de Imprensa
Botafogo de Futebol e Regatas