notícia

Ninguém segura

Sub-20 derrota Bonsucesso por 3 a 0 e segue com uma campanha impecável na Taça Rio
Atualizado em 03-05-2014, 19:50

Não está fácil para os adversários baterem de frente com a garotada do Fogão, em jogo válido pela sexta rodada da Taça Rio Sub-20, o Glorioso bateu fora de casa o Bonsucesso por 3 a 0, no estádio Leônidas da Silva, no bairro de Bonsucesso. Rabello, Vinicius e Andrade fizeram os gols do jogo.

VÍDEO DA TV DO FOGÃO

Com o resultado, a equipe de Mauricio Souza continua com uma campanha espetacular mantendo a liderança isolada, com 100% de aproveitamento e sem sofrer nenhum gol na competição.

A equipe alvinegra volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Friburguense, em Nova Friburgo.

O JOGO

Mais um vez a garotada alvinegra Sub-20 mostrou que vai passar por cima de quem vier pela frente na competição. Com muita vontade, raça e disposição o time enfrentou as adversidades da partida. O campo castigado e pressão da torcida adversária dificultaram a missão alvinegra que foi imponente novamente.

O Botafogo mostrou o cartão de visitas logo de cara. Aos 6, Erick cobrou falta, André desviou de cabeça e obrigou o goleiro adversário a fazer uma importante defesa.

A pressão no campo de ataque é uma característica da equipe botafoguense e ao apertar a saída de bola o Alvinegro criou uma boa chance com Paulo. Aos 11, o atacante apertou, roubou a bola do defensor e chutou forte para outra boa defesa do goleiro. No rebote, Vinicus ainda tentou aproveitar mas a zaga chegou travando.

Com o campo bastante irregular, as equipes sofriam nas trocas de passe e o jogo ficou amarrado no meio de campo. A saída encontrada pelo Alvinegro foram as jogadas de bola parada. Em um desses lances, aos 39, saiu o primeiro gol da partida. Erick bateu escanteio, Rabello subiu e testou para o fundo da rede. 1 a 0.

No fim do primeiro tempo, o Glorioso chegou novamente com Vinicius. Aos 46, o atacante disputou com os zagueiros na área e a bola espirrou. Dierson chegou de trás e emendou um foguete de longe obrigando o goleiro do Bonsucesso a fazer um defesaça no canto.

Na segunda etapa, as equipes voltaram mais equilibradas e levaram perigo logo no começo. A equipe alvinegra chegou aos 2, quando Paulo conseguiu escapar pela direita e rolou para Vinicius finalizar para fora.

Logo depois, aos 9. O Bonsucesso teve sua chance de marcar em um chute de longe. O goleiro Saulo salvou a meta alvinegra com uma linda defesa.

Aos 16, em nova chance botafoguense, Jean quase marcou. O camisa 6 cobrou falta lateral, a bola pegou um efeito e  passou por todos na área. Um quique matou o goleiro e fez ela passar muito próxima do ângulo esquerdo da meta do time da casa.

Com a vantagem no placar, o Alvinegro tranquilizou a partida e começou a explorar os contra-ataques.  Aos 27, em lance rápido, André recebeu e arrancou pela direita. O meia fez um lançamento perfeito para Rafael que conseguiu chegar antes do goleiro mas foi derrubado pelo arqueiro dentro área. Pênalti!

Vinicius foi para cobrança e com categoria converteu. 2 a 0 Fogão.

Um lindo lance fechou a partida com chave de ouro. Aos 34, Rafael fez excelente jogada individual pelo meio e enfiou a bola na medida para a ultrapassagem de Erick. O lateral dominou, levantou a cabeça e cruzou com maestria para Andrade acertar um chute espetacular de primeira. A bola estufou a rede adversária e fez todos no estádio aplaudirem o golaço alvinegro. 3 a 0 no placar.

Após isso, o Glorioso apenas administrou a bola e o tempo até o apito final. Mais um show da garotada alvinegra que nos dá a certeza que enquanto houver união, empenho e coração, ninguém segura essa equipe!

Botafogo: Saulo; Erick, Rabello, Emerson e Jean; Dierson, Rafael, Johnson(Fernandes) e André(Baiano); Paulo(Andrade) e Vinicius.
Suplentes: Gabriel, Baiano, Andrade, Fernandes, Moraes, Luis Henrique e Jefferson.
Técnico: Mauricio Souza

Fabio de Paula