notícia

Falou tudo

Roger abre o coração e rebate críticas com desejo de vida longa no Botafogo
Atualizado em 12-05-2017, 21:45

Nada como uma atitude séria para acertar as coisas. Empenhado no trabalho e focado nos objetivos do Botafogo para a temporada, o atacante Roger concedeu entrevista coletiva no Estádio Nilton Santos e além de falar no Grêmio, adversário de domingo na estreia pelo Campeonato Brasileiro, aproveitou a oportunidade para desmentir boatos sobre uma suposta insatisfação no Glorioso e críticas ao seu futebol. Confira as palavras do atacante, que pareceu bem claro e não deixou dúvidas.  

- Não estou aqui para criar polêmica, mas publicar que Roger está insatisfeito no Botafogo? Assim como nós jogadores temos responsabilidade, vocês(imprensa) também têm. Torcedor que só leu aquilo ali descendo a lenha em mim, que estava sendo ingrato. Estou aqui para dizer para quem publicou isso que é moleque. Sou muito feliz aqui e vou provar. Espero ficar anos no Botafogo - esclareceu.

Roger também comentou sobre comparações feitas entre seu futebol e o de outros atacantes. O experiente jogador, mesmo respeitando posicionamentos diversos, não aprovou a iniciativa, já que entende que cada um possui uma característica e uma análise desse tipo deve englobar mais fatores.

- Durante esses meses teve vezes que li algumas coisas que deixa a gente triste. Comparativo de quanto um chuta, outro chuta... Para comparar, tem que comparar tudo, esquemas, se estão com três volantes... Acho que passou um pouco do ponto, mas respeito as opiniões. Sou um cara que amo, leio, respeito, mas temos direito de discordar em algumas coisas - falou.

Em relação ao futebol, o que mais interessa ao atacante e ao Botafogo, Roger vê o elenco fortalecido para a disputa do Campeonato Brasileiro e acredita que o Glorioso brigará na parte de cima da tabela.

- Acredito que possa melhorar do ano passado. Grupo forte, provado que nos grandes jogos, tirando contra o Barcelona de Guayaquil, em todas as decisões fizemos grandes jogos. Seria prepotência da minha parte vir dizer que somos candidatos ao título, mas no Brasileiro temos 10, 12 candidatos. Vamos brigar para sermos campeões. Não vejo equipe que se sobressaia tanto - frisou.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Roger:

ARNALDO

- É um Cara rápido e, nesse esquema que joga em linhas, consegue quebrá-la pela rapidez. Tem tudo para dar certo aqui. Vem fazendo bons Paulistões. Grande chance da carreira. Ontem dei abraço, disse que aproveite a oportunidade. Que possa vir fazer o que estava fazendo no Ituano.

DISPUTA INTERNA

- A briga é boa, é dentro de campo, justa. Acredito que temos jogadores de qualidade, podem fazer do meio pra frente. Tem o Gilson, o Victor, o Arnaldo que conheço de São Paulo... Vai precisar haver um pouco de justiça na opinião de vocês...

GRÊMIO NO DOMINGO

- Não olhamos ainda o jogo do Grêmio, estamos acompanhando que há uma dúvida se joga titular ou se poupam alguns atletas. Devemos olhar amanhã. Mas sabemos que o bom do Brasileiro é isso, só jogo grande, estádio bom. Entramos fortes.

PARA SER ARTILHEIRO

- Entro de novo para tentar ser artilheiro. Ano passado teve uma grande injustiça da Ponte ter me tirado dos últimos seis jogos, estava perto da briga, acho que tinha 8 e o artilheiro com 11. Mas estou pronto para viver isso de novo.

Confira a galeria de fotos do treino desta quinta-feira nas imagens de Vítor Silva/SSPress/BFR!



 

Marcos Silva