notícia

Irretocável!

Botafogo quebra recorde de pontos na Liga Ouro e vence o Santos-AP por 124 a 68
Atualizado em 21-04-2017, 19:40

No jogo válido pela estreia do returno na Liga Ouro, o Botafogo venceu o Santos-AP por 124 a 68, nesta sexta. A partida aconteceu em General Severiano e entrou para a história como a maior pontuação atingida por um time na competição. Com o resultado, o Glorioso se garante mais uma rodada no topo da tabela.

O início da partida ficou marcada pelo equilíbrio, característico do torneio, onde os visitantes chegaram a fazer 11 a 10 no placar. A partir deste momento, o show do Botafogo começou no Oscar Zelaya: a equipe impôs uma corrida de 10 pontos e tomou conta da quadra. A parcial acabou em 26 a 16. No segundo período, Arnaldinho entrou e acelerou o ritmo do time na criação, alcançou 14 pontos e contribuiu para a equipe chegar aos 33 na etapa. Enquanto isso, a defesa trabalhou de forma impecável permitindo apenas 9 pontos do Santos em 10 minutos.  Os times foram para o vestiário com o placar de 59 a 25 para o líder do campeonato.

Com a vantagem de 34 pontos adquirida e a vitória do Botafogo próxima, era de se esperar que os times se acomodassem, mas não foi o que aconteceu. Os amapaenses voltaram do intervalo dispostos a virar o placar e foram surpreendidos por um excelente volume de jogo da equipe de Márcio Andrade.  A troca intensa de pontos favoreceu o Alvinegro carioca, que teve mais eficiência e 9 jogadores pontuando. A penúltima etapa apontou 37 a 21 para o Glorioso, com o placar de 96 a 46.

Faltando 4 pontos para a marca de 100 dígitos, a equipe de Márcio Andrade enfim diminuiu o ritmo mas continuou com o show. Guga e Feliz comandaram o Alvinegro dentro da quadra e foram importantes para o Botafogo fechar a incrível vitória de 124 a 68. A marca estabelece o novo recorde de pontos de uma equipe na Liga Ouro, que antes era do Vasco (121 a 84 contra o Ginásio, em 2016).

Jamaal Smith, poupado, viu seus companheiros fazerem história, com um novo recorde de pontos na Liga Ouro.  Atuando de forma consciente e coletiva, 5 jogadores do Botafogo alcançaram 2 dígitos na pontuação: Arnaldinho (cestinha, com 19), Douglas (17), Wes (15), Rafinha (14) e Guga (14). Feliz, pivô, chegou perto de um duplo-duplo com 9 pontos, 11 rebotes e celebrou a vitória do time. 

-Nosso time foi construído para ganhar qualquer jogo, independente de quem entra. Jogamos duro, respeitamos o Santos e não queríamos deixar o ritmo cair porque o mais importante é manter a regularidade. Precisamos melhorar ainda mais no segundo turno para chegar bem nos playoffs e conquistar nosso objetivo, que é ser campeão da Liga Ouro. Sobre o recorde, ninguém falou disso nem depois do jogo. Com certeza os pontos saíram naturalmente e ficamos muito satisfeitos por fazer história assim, ainda mais num clube como o Botafogo.

As equipes voltam a se enfrentar no domingo, às 10h30, novamente em General Severiano. Será a última partida da sequência de 8 jogos em casa para o  Botafogo.

 

Walner Junior