notícia

Vasco 0 x 0 Botafogo

Fogão empata no Estádio Nilton Santos e vai a 4 pontos na Taça Rio
Atualizado em 19-03-2017, 20h30

 

 


Em um duelo equilibrado, com boas chances para os dois lados (principalmente para o Glorioso), o Botafogo empatou em 0 a 0 com o Vasco, neste domingo, no Estádio Nilton Santos. O time alvinegro chegou a 4 pontos na Taça Rio.

O próximo adversário é o Fluminense, quinta-feira, no Estádio Nilton Santos.

O JOGO

O clássico no Estádio Nilton Santos foi marcado pelo equilíbrio. Dois times com boa capacidade técnica, organização e marcação forte. Faltou criatividade na parte ofensiva, com leve vantagem para o Botafogo, que criou mais.

No início, o Vasco pareceu mais ligado, até pela mudança no comando técnico (Cristóvão Borges saiu, Valdir Bigode assumiu interinamente). Aos 6 minutos, após cruzamento de Nenê, a bola ficou viva na área e Gatito evitou gol de Rafael Marques. Aos 18, Gatito fez duas defesas espetaculares em cabeçadas de Evander e Nenê. Havia impedimento no segundo lance.

O Botafogo respondeu com chute de Guilherme por cima e cruzamento de Camilo que passou perto. Aos 27, Airton lançou, Montillo cruzou e Roger quase chegou.

A parte final do primeiro tempo foi dominada pelo Botafogo. Aos 35, Montillo tabelou com Bruno Silva e deu um belo chute, no ângulo, espalmado por Martín Silva. O goleiro vascaíno voltou a fazer grande defesa aos 37, em finalização de Bruno Silva desviada na zaga.

No segundo tempo, o Vasco voltou ameaçando, com arremate de Luis Fabiano que desviou e passou com perigo. O Botafogo, em contra-ataque bem executado, teve passe de Roger para Guiherme cortado com o braço dentro da área. O árbitro não marcou o pênalti, aos 4.

Novas oportunidades apareceram. Aos 7, após bom lançamento, Guilherme não conseguiu o domínio ideal na área. Aos 13, Camilo fez cruzamendo na medida, Emerson Silva subiu, porém a cabeçada saiu sem força. Em outra chance, Camilo avançou pela direita e mandou na rede pelo lado de fora.

Do outro lado, o Vasco teve um gol bem anulado de Luis Fabiano (impedimento), um falta cobrada por Andrezinho e espalmada por Gatito e uma finalização de Douglas para fora. Mas o Botafogo esteve mais perto de marcar. Aos 39, Marcinho mandou uma bomba de canhota por cima, com muito perigo. E, no lance mais claro, Sassá fez ótimo lançamento, Rodrigo Pimpão invadiu a área, tocou na saída de Martín Silva, mas Jean cortou. Placar final: 0 a 0.

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva e Satiro Sodré / SS Press / Botafogo)


 
BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Airton (João Paulo), Bruno Silva, Camilo (Rodrigo Pimpão) e Montillo; Guilherme (Sassá) e Roger. Técnico: Jair Ventura.

Danilo Santos